Home Portal Notícias Outras notícias Golpe foi ato de vingança, afirma Zé Geraldo

Golpe foi ato de vingança, afirma Zé Geraldo

2 min read
0

zegeraldo gustavo

O deputado Zé Geraldo (PT-PA) registrou em pronunciamento no plenário um ano do golpe parlamentar que tirou do cargo a presidenta Dilma Rousseff, eleita democraticamente, e impôs ao povo brasileiro o governo ilegítimo e golpista de Michel Temer. “Dia 17 de abril completou um ano dessa grande insanidade. O dia do golpe é o dia da vergonha nacional”, afirmou.

Para Zé Geraldo, não se pode esquecer que o golpe parlamentar já foi admitido, inclusive, pelo golpista Temer. “O insano convicto admitiu, com tranquilidade e desfaçatez, em rede nacional num programa de TV, que o golpe contra a Presidenta Dilma, foi um ato de sórdida vingança de um criminoso que atualmente jaz atrás das grades. E esse homem provocou todo esse golpe porque o Partido dos Trabalhadores não concordou em salvá-lo no Conselho de Ética”, lamentou o petista ao referir-se ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O parlamentar petista lembrou que Eduardo Cunha “com apoio do partido da imprensa golpista (PIG), de parte de altos membros do Judiciário e de um Congresso majoritariamente envolvido e pago para executar o golpe, atrelou seu desqualificado destino com Temer, PSDB, PMDB e demais golpistas menores contra a democracia”, reiterou. “O golpe está escancarado e sua face é de arrogância e ódio aos trabalhadores do nosso Brasil”, finalizou o parlamentar do PT.

Gizele Benitz

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Justiça proíbe Yacows de fazer disparo em massa; CPMI das Fake News está no caminho certo, afirma petista

A Justiça de São Paulo, em decisão liminar, proibiu que a empresa Yacows, agência que real…