Home Portal Notícias Outras notícias Solla quer explicações sobre ataques ao Farmácia Popular e ao Mais Médicos

Solla quer explicações sobre ataques ao Farmácia Popular e ao Mais Médicos

3 min read
0

Jorgesolla GB

O deputado Jorge Solla (PT-BA) apresentou nesta terça-feira (10), na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara, requerimento solicitando a convocação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, para prestar esclarecimentos sobre o fechamento de unidades do Programa Farmácia Popular e a situação atual do Programa Mais Médicos. Ele ainda quer explicações sobre a aquisição de medicamentos para tratamentos de câncer, sem estudos sobre a sua eficácia.

Na sua justificativa, o parlamentar destaca que o ministro vem tomando medidas preocupantes em relação aos programas em andamento. Como exemplo, ele cita a decisão do ministério da Saúde de fechar todas as 393 unidades próprias do Farmácia Popular, já a partir de maio.

Em relação ao Mais Médicos, Jorge Solla lembra que a própria imprensa já denunciou que mais da metade dos 1.302 profissionais contratados para atuar em 600 localidades não recebem salário desde fevereiro deste ano. Ele diz ainda que o portaria do governo transforma a despesa com o programa de obrigatória para discricionária, permitindo o contingenciamento dos recursos.

Sobre a compra de medicamentos para tratamento de câncer, Solla lembrou que o ministério da Saúde comprou 30.660 frascos de um produto chinês (leuginase) para tratamento de leucemia infantil, sem estudos clínicos que comprovassem a sua eficácia, segurança e toxidade.

Héber Carvalho

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bolsonaro ignora o povo: 10 milhões de brasileiros pediram e até hoje não receberam ajuda emergencial

“O governo não sabe operar o auxílio emergencial esta é a verdade”, critica a presidenta d…