Home Portal Notícias Outras notícias Angelim defende Política Nacional de Incentivo à Economia Criativa

Angelim defende Política Nacional de Incentivo à Economia Criativa

3 min read
0

Angelim tribuna

O deputado Angelim (PT-AC) defendeu em pronunciamento no plenário a aprovação do projeto de lei (PL 3396/15), de sua autoria, que institui a Política Nacional de Incentivo à Economia Criativa. “Precisamos transformar a criatividade brasileira em inovação e a inovação em riqueza: riqueza cultural, riqueza econômica, riqueza social. Para que isso se efetive de forma permanente precisamos de pesquisas, de
indicadores e de metodologias para a produção de dados confiáveis; e de linhas de crédito para fomentar esses empreendimentos”, explicou o petista.

De acordo com Angelim, considera-se Economia Criativa os ciclos de criação, produção, distribuição ou circulação, consumo e fruição de bens e serviços oriundos dos setores criativos, cujas atividades produtivas têm como processo principal um ato criativo gerador de um produto, bem ou serviço, cuja dimensão simbólica é determinante do seu valor, resultando em produção de riqueza cultural, econômica e social.

Pela proposta, os setores criativos incluem, entre outros, artesanato, culturas populares, culturas indígenas, culturas afro-brasileiras, artes visuais e arte digital; dança, música, circo e teatro; audiovisual, livro, cinema e vídeo, publicações e mídias impressas; moda, design e arquitetura.

O projeto tramita na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio. Depois ainda será analisado pela Comissão de Cultura e, também, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

Gizele Benitz

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Omissão de Bolsonaro une Legislativo, comunidades tradicionais e entidades na busca de caminhos para salvar o Pantanal

Durante dois dias de agendas intensas, parlamentares que compõem a Comissão Externa design…