Home Portal Notícias Outras notícias Valmir Assunção denuncia tentativa de prejudicar Dilma e salvar Temer em julgamento

Valmir Assunção denuncia tentativa de prejudicar Dilma e salvar Temer em julgamento

3 min read
0

valmirassumcao

O deputado Valmir Assunção (PT-BA) ocupou a Tribuna nesta quarta-feira (29) para denunciar a tentativa de alguns setores de querer prejudicar a presidenta Dilma Rousseff no julgamento da chapa Dilma/Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Há procuradores sugerindo que se casse a chapa da presidenta Dilma e de Michel Temer, e que a presidenta Dilma fique inelegível e Michel Temer, elegível. Se for cassada a chapa, mas só a presidenta Dilma ficar inelegível, o que vai acontecer? Temer poderá disputar a eleição indireta no Congresso Nacional. Isso é um absurdo! A população brasileira não pode aceitar nem concordar com isso. O povo brasileiro tem que ir para as ruas”, conclamou o parlamentar petista.

Na avaliação de Valmir Assunção, o ilegítimo Temer “está perto” de perder o cargo. “E Temer vai perder seu mandato ilegítimo pelo conjunto da obra. E qual é o conjunto da obra? O congelamento do serviço público, a promessa que fez e não cumpriu de desenvolver o Brasil, a reforma trabalhista, a reforma da Previdência e também a terceirização. O governo Michel Temer está quebrando as empresas nacionais. Um dos exemplos disso é o tão famoso agronegócio, que hoje não pode exportar carne para lugar nenhum, graças à incapacidade do governo federal, graças à incapacidade de Michel Temer”, destacou o parlamentar do PT.

Para Valmir Assunção, o povo precisa ir às ruas para garantir que o golpista Temer saia da Presidência da República assim que o TSE terminar o julgamento de cassação da chapa. “Porque o único lugar onde o Michel Temer tem maioria é nesta Casa. Eu digo sempre que eu não sei por que ele tem maioria aqui”.

Gizele Benitz

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líder do PT cobra explicações do governo sobre diretor do BC que vive nos EUA

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), protocolou hoje (24) requerimento de informações…