Home Portal Notícias Projeto de Erika Kokay torna violência contra a mulher crime inafiançável

Projeto de Erika Kokay torna violência contra a mulher crime inafiançável

3 min read
0

erikakokay gushta

A deputada Erika Kokay (PT-DF) apresentou na Câmara o projeto de lei (PL 6916/2017), que altera o Código de Processo Penal (CPP) para vedar a concessão de fiança nos casos de crimes cometidos com violência contra a mulher.

Segundo Kokay, o projeto objetiva colocar os crimes de violência contra a mulher no rol dos delitos inafiançáveis do artigo 323 do CPP, ao lado de crimes como racismo, tortura, tráfico ilícito de entorpecentes e drogas, entre outros.

“Com a presente iniciativa, busca-se contribuir para uma atuação mais rigorosa e preventiva do sistema de Justiça, de modo a não mais tolerar a liberdade imediata dos agressores, fato lamentável que tem permitido a continuidade da violência e de assassinatos de mulheres após o pagamento de fiança arbitrada pela autoridade policial”, justifica a parlamentar.

Para Erika, se aprovado, o projeto irá contribuir para que o Brasil deixe de ocupar o ranking de 5º País mais violento do mundo contra as mulheres.

“Treze mulheres são assassinadas por dia no Brasil. Em todo o ano de 2013 foram mais de 4,7 mil mortes, sendo que a maioria das vítimas tinha entre 18 e 30 anos e mais de seis em cada dez mulheres assassinadas eram negras”, diz Kokay, ao registrar que pelo menos metade desses assassinatos ocorreram em ambientes familiares e são cometidos por alguém conhecido da vítima.

Assessoria Parlamentar

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Petistas questionam no Ministério Público transferência do acervo da Fundação Palmares para prédio com avarias

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara entraram com ações na Procuradoria-Geral da Repúb…