Home Portal Notícias Artigos Nilto Tatto alerta para projeto que pode acabar com área protegida da floresta amazônica

Nilto Tatto alerta para projeto que pode acabar com área protegida da floresta amazônica

4 min read
0

Em artigo, o deputado Nilto Tatto (PT-SP) trata da importância da preservação das florestas para o equilíbrio do sistema e a preservação da humanidade. Entretanto, alerta, a bancada ruralista, os grandes latifundiários, mineradores e seus amigos, estão preocupados apenas em ganhar mais dinheiro desmatando a Amazônia. “Sua falta de responsabilidade é tanta que patrocinam um projeto de lei, que o governo Temer deve assinar, que pode acabar com mais da metade da área protegida de floresta amazônica. ….É mais um projeto que tem por objetivo aumentar o lucro de poucos, e compartilhar o prejuízo com muitos. É a cara do governo Temer e dos setores mais conservadores”. Leia a íntegra:

Floresta em risco

Por Nilto Tatto *

O Brasil e o mundo já sabem da importância de preservar nossas florestas.

Sem as florestas teremos menos chuva, menos rios, e mais gases de efeito estufa na atmosfera. As mudanças no clima se tornarão mais agudas e todos sofreremos os efeitos disso, de uma forma ou de outra. Até a segurança alimentar estará em risco.

Sem as florestas temos mais doenças circulando, pois os controles naturais são menores, e menos chances de descobrir novos medicamentos a partir das riquezas naturais guardadas na biodiversidade. Sem as florestas, os índios e outras populações tradicionais, que têm direito de viver e têm muito a nos ensinar, não sobreviverão.

Mas a bancada ruralista, os grandes latifundiários, mineradores e seus amigos, estão preocupados apenas em ganhar mais dinheiro desmatando a Amazônia. Não há limites para sua ganância.
Sua falta de responsabilidade é tanta que patrocinam um projeto de lei, que o governo Temer deve assinar, que pode acabar com mais da metade da área protegida de floresta amazônica. Isso levaria destruição para uma região muito sensível que é o sul do Estado do Amazonas, onde um cinturão verde, formado por Unidades de Conservação, protege o coração da floresta.

É mais um projeto que tem por objetivo aumentar o lucro de poucos, e compartilhar o prejuízo com muitos. É a cara do governo Temer e dos setores mais conservadores.
O Brasil precisa proteger o patrimônio natural que é de todos, inclusive das gerações futuras, e impedir o avanço dos saqueadores.

*Nilto Tatto é Deputado Federal pelo Partido dos Trabalhadores-SP

Fotos: Floresta Amazônica – FSM Amazônia/Deputado Nilto Tatto: Gustavo Bezerra

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Nota do Partido dos Trabalhadores: Justiça que tarda não é justiça

Ao retirar da pauta de julgamentos o pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula contra …