Home Portal Notícias Givaldo Vieira aponta negligência do governo Temer em crise de segurança no Espírito Santo

Givaldo Vieira aponta negligência do governo Temer em crise de segurança no Espírito Santo

4 min read
0

givaldovieira

O deputado Givaldo Vieira (PT-ES) avaliou no domingo (11) que houve omissão e negligência do governo federal em tratar a crise de segurança pública no Espírito Santo. “O governo Temer demorou muito a dar uma resposta, foram enviando tropas a conta gotas, em um número inexpressivo, o que com certeza provocou o sacrifício de vidas e prejuízos psicológicos das pessoas”, afirmou o petista.

Depois de oito dias sem policiamento nas ruas, num movimento iniciado por esposas de policiais militares no Espírito Santo reivindicando melhorias salariais para a PM, o registro é de quase 150 homicídios, fechamento de escolas e do comércio. No último sábado, cerca de 800 policiais militares retornaram ao trabalho. O deputado Givaldo Vieira criticou a lentidão na resposta do governo federal ao pedido de tropas para garantir a segurança no Espírito Santo.

“Desde o início do movimento buscamos, junto ao governo federal, uma resposta para apoiar o estado. Depois de muita insistência nossa, eles mandaram 80 homens da Força Natural do Rio na segunda à noite. Depois de muita insistência também mobilizaram cerca de 220 homens do Exército local, que foram para as ruas, e na terça-feira chegou um grupamento de 120 de Brasília e somente na quarta à noite chegaram 600 soldados, quando o Espírito Santo ficou então com um total de 900 soldados. Hoje fala-se que temos 3.130 homens em todo o Estado. Mas como a polícia está ausente, é um número insuficiente”, reiterou o parlamentar petista.

Givaldo Vieira criticou o descaso do governo federal com o problema e alerta sobre os impactos em todo o Brasil. “A crise que eclodiu no Espírito Santo na área da segurança é uma face mais visível, mais dura, mais assustadora do que está por vir em todo o País em função dessa onda de política de recessão. Isso foi um atentado ao Espírito Santo, atentado contra o Brasil e alimenta a possibilidade de um movimento nacional. Os impactos podem ser incalculáveis”, ressaltou o petista.

PT na Câmara com Agências

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Petistas questionam no Ministério Público transferência do acervo da Fundação Palmares para prédio com avarias

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara entraram com ações na Procuradoria-Geral da Repúb…