Home Portal Notícias Movimentos de Mulheres denunciam, em manifesto, caráter cruel da PEC 287 contra os direitos femininos

Movimentos de Mulheres denunciam, em manifesto, caráter cruel da PEC 287 contra os direitos femininos

2 min read
0

mulheres previdencia

Movimentos de Mulheres estarão nesta quarta-feira (1º), na Câmara, para fazer um corpo a corpo com parlamentares com o objetivo de denunciar os aspectos negativos da PEC da Reforma da Previdência (PEC 287/16) para as mulheres, especialmente, para as mulheres negras e do campo.

As mulheres estarão, a partir das 14h, no Hall da Taquigrafia, distribuindo um manifesto que traz uma série de críticas à PEC. As mulheres questionam, por exemplo, o fim da diferenciação de idade para aposentadoria entre homens e mulheres. Isso porque a PEC 287 estabelece a idade mínima de 65 anos independentemente das atuais desigualdades de gênero.

Assinam o manifesto a Marcha das Margaridas, o Movimento de Mulheres Camponesas, a Secretaria de Mulheres da CUT-DF, a Secretaria de Mulheres do PT-DF, o Coletivo Rosas pela Democracia, a Marcha Mundial de Mulheres, o Sempre Viva Organização Feminista, o Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF), o Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFMEA) e o Fórum das Promotoras Legais Populares.

Assessoria Parlamentar

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Programa “Future-se” do governo Bolsonaro é uma ameaça à Universidade pública, adverte Margarida Salomão

A deputada Margarida Salomão (PT-MG) fez hoje (19) severas críticas ao programa Future-se,…