Home Portal Multimídia Luiz Marinho critica elitismo tucano e defende planejamento com participação popular

Luiz Marinho critica elitismo tucano e defende planejamento com participação popular

5 min read
0

marinhoVicentinho

 

 

 

Em entrevista exclusiva para a Liderança do PT na Câmara, o prefeito petista de São Bernardo do Campo (SP), Luiz Marinho, criticou duramente a falta de planejamento do governo tucano do estado de São Paulo, estado governado pelo PSDB há vinte anos. Para o prefeito, problemas que assombram a população paulista, como a falta de água e o transporte público precário, mostram falta de preparo e de liderança dos atuais governantes do estado.
Primeiro prefeito do Brasil a implantar o “Planejamento Participativo”, a partir da discussão com a sociedade civil para a elaboração do Plano Plurianual (PPA) do município, Marinho não poupou críticas ao governo do estado de São Paulo. “Falta de planejamento já é ruim, sem participação popular é pior ainda”, afirmou, ao comentar a maneira elitista e convencional de governar dos tucanos.
“Você olha, por exemplo, o problema dos reservatórios da Cantareira, que abastecem a capital e vários municípios: você pode ter muita chuva e a água não chegar à torneira, porque para a água chegar é preciso investimento, e isso não foi feito”, disse Marinho. Ele lembrou que já em 2004, quando a União renovou a outorga do reservatório Cantareira para o governo de São Paulo, já se previa a necessidade de mais investimentos, de aumento de capacidade de reservatórios e de integração dos lagos. “Lamentavelmente, nada disso foi realizado”, comentou.
Marca tucana – Para o prefeito de São Bernardo do Campo, a maneira excludente e despreparada de governar tem sido a marca dos tucanos no comando do estado mais rico do país. Esse despreparo, segundo Luiz Marinho, reflete em outros setores, como no sistema de metrô na capital. ” São Paulo iniciou a construção do metrô na mesma época em que a Cidade do México; veja quantos quilômetros há hoje na capital mexicana e quantos temos na capita de nosso estado “, observou.
O prefeito petista destacou que o casamento entre planejamento e participação popular é a combinação perfeita para uma boa gestão. “Se eu tivesse que recomentar uma experiência bem sucedida de gestão eu sugeriria a realização do PPA (Plano Plurianual) de forma participativa, ou seja, o planejamento com participação popular”, disse.
Ele destacou que o modo petista de governar difere radicalmente do tucano, cujo viés é neoliberal, com prioridade para o mercado e a adoção de um Estado mínimo, como no governo FHC (1995-2002), modelo rejeitado pelos brasileiros três vezes nas eleições presidenciais ocorridas desde 2002. Para ele, a escolha entre esses dois modelos- o do PT, com crescimento, distribuição de renda e justiça social- e o do PSDB será o centro da disputa nas eleições presidenciais deste ano.
Luiz Marinho foi recebido nesta semana pelo líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho (SP).

Equipe PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PSB quer anular no STF decisões judiciais que mantém Lula preso

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) protocolou junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), …