Home Portal Notícias Luiz Couto completa 40 anos de sacerdócio e de luta por justiça social

Luiz Couto completa 40 anos de sacerdócio e de luta por justiça social

6 min read
0

LuizCouto BrunoFranchini

O deputado Luiz Couto (PT-PB) ocupou a tribuna da Câmara nesta semana para fazer uma reflexão sobre as suas quatro décadas de sacerdócio, completadas no dia 19 de dezembro. “São 40 anos de caminhada sacerdotal, pregando o amor, a verdade, a paz, a justiça e as boas novas que nos ensinou Jesus Cristo. Caminhando abraçado ao manto sagrado de Nossa Senhora, sigo em uma rota exaustiva, mas que me faz muito bem, que é falar do amor que há no evangelho. Nestes tempos de caminhada, aprendi, ouvi, vi, senti, ensinei, assumi compromissos e me emocionei, tudo isso por meio da graça que Deus tem me dado, tudo de graça e pela graça”, enfatizou o petista, que foi duas vezes presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Ao falar da sua vida sacerdotal, Luiz Couto lembrou a infância, os ensinamentos dos pais e os exemplos de amizade que fortaleceram sua fé. “Meu pai, Antônio Joaquim, humilde agricultor e religioso, andava 9 quilômetros para ir às missas aos domingos. Eu, meus irmãos e minha mãe Eliza nunca deixamos de segui-lo nessa caminhada semanal. Meu pai tinha uma grande sabedoria dada por Deus e minha mãe nos ensinou a caminhar com a fé, a esperança e o amor. Além de meus pais, algumas pessoas marcaram a minha vida. Lembro-me dos conselhos, por exemplo, de Dom Helder Câmara, Dom Tomás Balduíno, Irmã Ivone Gebara, e tantos outros e outras. Muitas vezes tive o privilégio de sentar em um canto com eles, que, como um passe de mágica, reconstruíram a minha força em segundos”, ressaltou o petista, que ao longo da militância denunciou a ação de grupos de extermínio e, por conta disso, recebe proteção especial da Polícia Federal.

Luiz Couto reiterou que sua caminhada de fé continua. “Ainda tenho muito a fazer. O Evangelho me chama a cada dia para uma caminhada de amor e solidariedade. A razão do meu viver, é Jesus Cristo que, com muito amor e carinho, deu-me a vida. Libertou-me e me liberta dos opressores a cada dia. Ensina-me, ajuda-me, ama-me e morreu por mim e por todos os seres humanos, sofrendo a pior dor que já existiu na história. Tudo isso para que eu e você aprendêssemos a amar, ser feliz e a compartilhar o bem maior: a vida. Seus maravilhosos ensinamentos fazem-me ser o Padre Couto, como costumam me chamar”, finalizou o parlamentar petista.

Apoio O deputado João Daniel (PT-SE) saudou em pronunciamento no plenário o colega deputado Luiz Couto pelos 40 anos de sacerdócio. “Queria saudar, com muito carinho, o nosso querido deputado Padre Luiz Couto por 40 anos de compromisso. Ele, que é sacerdote do povo pobre, do povo trabalhador, orgulha todos aqueles que acreditam numa igreja que liberta. Parabéns, deputado Padre Luiz Couto, por ser um exemplo para nossa bancada e para a Câmara, de ética, moral e dignidade e que engrandece o Parlamento. Ao povo paraibano, parabéns por ter trazido para aqui este grande homem”, afirmou João Daniel.

Gizele Benitz
Foto: Divulgação

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líderes repudiam massacre de trabalhadores

Os líderes do PT no Senado e na Câmara divulgaram nota de repúdio ao massacre de trabalhad…