Home Portal Notícias Zé Geraldo mostra que projeto golpista já desmoronou

Zé Geraldo mostra que projeto golpista já desmoronou

3 min read
0

zegeraldo gustavo

O deputado Zé Geraldo (PT-PA) ocupou a Tribuna nesta quarta-feira (14) para reiterar as consequências do golpe contra a democracia e destacar que foram os governos do PT, de Lula e de Dilma, que melhoraram a vida do povo brasileiro e a economia do Brasil. “Precisamos retomar a direção deste País com governos competentes, como foi o Governo Lula e o Governo Dilma”, afirmou.

“Aqueles que deram o golpe podem falar o que quiserem. O PSDB, o PMDB, o PPS e o Democratas, todos esses partidos lideraram o processo do golpe e começaram a dizer ao povo brasileiro que estava sendo construída uma ponte para o futuro. Essa ponte não conseguiu ser construída nem no presente. A ponte caiu. E por quê? Porque toda madeira usada nessa ponte estava estragada, podre. Os esteios, as longarinas, os travessões”, destacou o petista.

Zé Geraldo criticou a aprovação, pelo Senado, da PEC 55, a PEC da Morte. “O governo Temer usou os esteios, as longarinas com madeira estragada. Por isso, a ponte caiu. E não adianta querer construir ponte nova com uma lei que reduz gastos por 20 anos. Não há presidente que faça isso! Se o Temer cair, vão colocar outro. E esse vai cair também. O Brasil não aguenta!”, disse.

Ainda de acordo com o parlamentar petista, “quanto ao mensalão e à Operação Lava-Jato, o feitiço virou contra o feiticeiro agora. A liderança máxima do PSD, em apenas uma contribuição, arrecadou 14 milhões de reais, o que foi 100% ilegal, 100% caixa dois. E há quem diga que só o valor do PSD vai chegar a 40 milhões de reais. E vêm com o discurso de que têm que fazer as leis”, criticou Zé Geraldo.

Gizele Benitz

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT reforça movimento ‘Fora Bolsonaro’, em dia de protesto

O PT vai mobilizar todos os militantes e dirigentes da legenda e convoca a sociedade ao pr…