Home Portal Notícias Bancada do PT desmente boatos sobre o debate da anistia ao caixa dois

Bancada do PT desmente boatos sobre o debate da anistia ao caixa dois

4 min read
0

estrelapt2A Bancada do PT na Câmara, através de nota assinada pelo líder Afonso Florence (PT-BA), desmente boatos a respeito da posição petista no debate sobre a anisitia à prática de caixa dois em campanhas eleitorais. O texto enfatiza o que o líder e os demais parlamentares petistas vêm expressando desde que o tema emergiu: as “tentativas de aprovação de anistia ao caixa dois são de responsabilidade exclusiva da base de apoio a Temer”.

NOTA DA BANCADA DO PT NA CÂMARA

No debate sobre anistia à prática de caixa dois, o PT tem sido acusado por setores da mídia e em redes sociais como responsável pela apresentação da proposta. Além disso, como alguns parlamentares petistas divulgaram nota contrária à medida, todos os que não assinaram estão sendo acusados de serem favoráveis. Duas inverdades.

Ao mesmo tempo, sob cerco cruzado em decorrência do avanço das investigações sobre corrupção, em particular no Supremo Tribunal Federal, Michel Temer anuncia que pode vetar proposta de anistia ao caixa dois. O que ele não diz é que nas duas tentativas de aprovar a matéria o PT se negou a assinar a emenda proposta por parlamentares da sua base. E, por isso, parte da sua base não sustentou a defesa da anistia e sua maioria não conseguiu, sequer, levar a proposta à votação. O fato é que a articulação para aprovação da anistia ao caixa dois foi de parlamentares da base de Temer.

Na premência da homologação da delação da Odebrecht, a base de apoio a Temer intensificou seu movimento para aprovar a anistia ao caixa dois querendo compartilhar o desgaste desta aprovação com o PT.

Nesta semana, a Bancada do PT reiterou duas posições fundamentais para orientar sua intervenção sobre o tema:

1. Não apresentar proposta de anistia ao caixa dois;
2. Não assinar emenda com este conteúdo.

Assim, reitero: as duas recentes tentativas de aprovação de anistia ao caixa dois são de responsabilidade exclusiva da base de apoio a Temer.

Brasília, 27 de novembro de 2016
Afonso Florence
Líder do PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Atentado contra caravana é reação da elite que vê aproximar-se a vitória de Lula

“O que aconteceu ontem (27) é reflexo do que estamos sentindo em toda a caravana. O fascis…