Home Portal Notícias Petistas homenageiam Lula e lembram trajetória em defesa do povo brasileiro

Petistas homenageiam Lula e lembram trajetória em defesa do povo brasileiro

6 min read
0

Lula povo

Neste dia em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva completa 71 anos, 27 de outubro, parlamentares da bancada do PT ocuparam a tribuna da Câmara para homenagear o estadista que mudou a vida de milhões de brasileiros, o eterno presidente Lula. A deputada Erika Kokay (PT-DF) parabenizou e ressaltou o presente que o ex-presidente, ganhou da Organização das Nações Unidas (ONU): a justiça!

“Estamos aqui para dizer que Lula, no seu aniversário, recebe uma justiça de longe, da Organização das Nações Unidas — ONU, dizendo que há admissibilidade na sua denúncia de que tem sido perseguido, discursou Erika, fazendo referência à decisão da ONU que ocorreu ontem.

Para Erika, o olhar que o ex-presidente debruçou sobre o Brasil foi o que levou a elite brasileira a persegui-lo. A deputada criticou a onda de denúncias, sem provas, de que o ex-presidente Lula tem sido vítima. “Do que acusam Lula? De ter um tríplex que não é dele, de ter uma chácara ou um sítio que também não lhe pertence, de ter defendido as empresas brasileiras fora do próprio País em defesa do emprego brasileiro?”, questionou.

Frisou ainda a parlamentar que Lula seria incapaz de fazer uma proposta como a da emenda à Constituição (PEC 241/16). “Nós corremos o risco de rasgar todos os avanços que o povo brasileiro teve com a decisão deste Parlamento de congelar os gastos com a saúde, com a educação, com o conjunto de políticas públicas”, disse a deputada, se referindo ao conteúdo da proposta.

Para ela, a trajetória de luta de Luiz Inácio Lula da Silva para acabar com a desigualdade social e proporcionar uma vida digna aos cidadãos brasileiros não permitiria a adoção de uma medida em que “o Estado não tem que ser indutor do desenvolvimento econômico, desenvolvimento social, que tem que se entregar o País para a voracidade gananciosa do mercado, como se o mercado tivesse uma racionalidade autônoma. O Brasil mostrou que não tem”, lamentou.

Já o deputado Leo de Brito (PT-AC) lembrou a data e o fato de o Brasil ter elegido o primeiro presidente vindo do povo. “Neste dia especial, quero levar meu fraterno abraço ao companheiro que possibilitou que mais de 40 milhões de brasileiros ingressassem na classe C, e milhões de jovens pudessem ter acesso a uma universidade”, lembrou o deputado da eleição de Lula em outubro de 2002.

“Não poderia haver presente de aniversário melhor para Lula. Durante os oito anos de governo, o Brasil deixou de ser um país para poucos e se tornou um país de todos”, disse o petista, se recordando do slogan da primeira gestão do petista à frente do Governo Federal.

Benildes Rodrigues

Foto: Divulgação

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líderes repudiam massacre de trabalhadores

Os líderes do PT no Senado e na Câmara divulgaram nota de repúdio ao massacre de trabalhad…