Home Portal Notícias Pré-sal: Propaganda enganosa da mídia e do governo golpista coloca em risco a soberania nacional

Pré-sal: Propaganda enganosa da mídia e do governo golpista coloca em risco a soberania nacional

7 min read
0

PreSalvotacao

Não foram poucas as tentativas dos parlamentares da Bancada do PT na Câmara de tentar salvar a Petrobras da sanha entreguista da oposição. Apesar da luta árdua travada nos últimos meses, a falácia e os interesses das multinacionais petrolíferas prevaleceram, nesta quarta-feira (5), quando foi aprovado na Câmara o projeto de lei (PL 4567/16), que retira da Petrobras o protagonismo na produção e exploração na camada do pré-sal. Venceu a propaganda poderosa da mídia golpista que, em parceria com o governo ilegítimo, vendeu a ideia de que a empresa – que sempre foi o orgulho do povo brasileiro – está quebrada.

“A mídia golpista deste País tentou convencer o povo brasileiro de que a Petrobras está quebrada e que lá é um antro de corrupção. Não há nada mais errado do que isso, nada mais golpista do que isso. Induziram o povo brasileiro ao erro”, denunciou o vice-líder da Minoria, deputado Carlos Zarattini (PT-SP) em discurso feito na tribuna da Câmara, nesta quarta.

Zarattini ainda reiterou que essa versão equivocada “rodou o país para que o povo fosse enganado e desse razão a um projeto que é antinacional e contra os interesses populares”. “Já dizia um americano: Não existe nada melhor do que uma empresa de petróleo no mundo. É por isso que as multinacionais querem pôr a mão no petróleo brasileiro”, alertou.

Outra crítica contundente ao entreguismo comandado pelo PSDB partiu do vice-líder da Bancada do PT, deputado Paulo Pimenta (PT-RS). “Há interesse de colocar o Brasil de cócoras, de transformar este País no quintal das multinacionais. É contra isso que nós nos insurgimos”, salientou.

“Nós estamos aqui para dizer ao povo brasileiro que esta visão é contrária ao interesse do povo. Os senhores se portam nesta Casa como garotos de recado das grandes petroleiras norte-americanas, dos interesses internacionais dentro do nosso País. E é por isso que serão condenados pela história, pelo papel que V.Exas. desempenharam esta noite nesta Casa”, condenou o deputado.

Para o deputado Henrique Fontana (PT-RS), entregar o patrimônio nacional é uma prática recorrente daqueles que tomaram de assalto o poder no Brasil. “V.Exas. são entreguistas, sim! Não é a primeira vez que esta elite quer entregar a riqueza nacional na mão de multinacionais: Getúlio Vargas sofreu com isso. V.Exas. tentaram privatizar a Petrobras no tempo de Fernando Henrique e voltam a tentar agora, no Governo ilegítimo de Temer”, acusou. “Os brasileiros sabem que a Petrobras é nossa. Vamos combater a corrupção, fortalecendo a empresa, não a atacando”, defendeu Fontana.

O deputado Zé Geraldo (PT-PA) lembrou-se da origem do projeto de lei que retira da Petrobras o protagonismo na produção e exploração na camada do pré-sal. “Este projeto que nós estamos votando, é do Serra. É exatamente o projeto de quem perdeu a eleição quatro vezes! Agora, estão vendendo o que o Brasil tem de melhor”, lamentou.

“Nós estamos debatendo exatamente o mesmo modelo que fizeram antes de o Lula ganhar. Venderam a Vale do Rio Doce. No Pará, desde que venderam a Vale, até hoje, dia e noite, vagões e mais vagões transportam ferro para fora do Brasil. E não sobra nada para este País! É isso que vai acontecer com a nossa Petrobras”, anunciou.

Benildes Rodrigues

Foto: Lula Marques/Agência PT

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT e PSOL cobram do governo Bolsonaro explicações sobre ‘boquinha’ para irmãos Weintraub na OEA e no Banco Mundial

O deputado Rogério Correia (PT-MG) e a deputada Áurea Carolina (PSOL-MG) protocolaram hoje…