Home Portal Notícias João Daniel critica projeto que muda o regime de partilha do pré-sal

João Daniel critica projeto que muda o regime de partilha do pré-sal

5 min read
0

joaodaniel

O deputado João Daniel (PT-SE) usou a tribuna da Câmara para, mais uma vez, criticar o projeto de lei do Senado (PL 4567/2016). O projeto retira a obrigatoriedade de a Petrobras ser a operadora de todos os blocos de exploração do pré-sal no regime de partilha de produção. No entendimento do petista, o projeto representa a desconstrução da Nação brasileira.

Para o deputado, os setores conservadores do parlamento não têm interesse de fazer esse debate em torno do projeto, porque têm outros objetivos. “Aqui se debate a retomada de um projeto fracassado no mundo inteiro, que é um projeto deste Governo, sob a liderança do então derrotado candidato à Presidência da República, José Serra, hoje ministro, e que representa os interesses das multinacionais, em especial as do petróleo. O que se debate aqui é o fato de estarmos vivendo um período de ofensiva contra uma das empresas mais importantes do Brasil”, disse, referindo-se à Petrobras.

Segundo João Daniel, nenhuma nação no mundo deu condições à sua juventude e população em geral, sem ter controle das grandes riquezas estratégicas de seu país. “O que estamos fazendo, ao aprovar essa quebra da Lei de Partilha para entregar às empresas internacionais, é retirar a possibilidade de a nossa juventude ter educação, de a nossa juventude ter universidades. Estamos abrindo mão de termos recursos para garantir que o SUS seja um serviço de qualidade para toda a população”, afirmou.

O deputado disse que só com a luta da sociedade brasileira, de todos os setores nacionalistas, de todos os movimentos sociais, populares e sindicais, no sentido de cobrarem um posicionamento dos seus parlamentares, é que será possível impedir que se aprove esta lei, que é a entrega dessa riqueza que foi construída com o suor, o sangue e o trabalho do povo brasileiro, e da nossa ciência e pesquisa que foram desenvolvidas ao longo do tempo.

“Esse projeto representa a desconstrução da Nação brasileira. Esse projeto representa o retrocesso para acabar com os avanços conquistados nos oito anos de governo do presidente Lula e nos quatro anos do governo da presidenta Dilma Rousseff. Esse projeto representa retirar do Brasil a possibilidade de se construir uma nação justa e soberana”, disse.

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Oposição faz obstrução para marcar o luto pelas mais de 100 mil vidas perdidas na pandemia

Os partidos da Oposição fizeram uma forte obstrução política na Câmara, nesta quinta-feira…