Home Portal Notícias Patrus divulga nota sobre fim de CPI da Funai e de abusos da bancada ruralista

Patrus divulga nota sobre fim de CPI da Funai e de abusos da bancada ruralista

4 min read
0

CPI Funai

O deputado Patrus Ananias (PT-MG), ministro do Desenvolvimento Agrário do Governo Dilma, divulgou nota na quinta-feira (18) sobre o fim da CPI da Funai que, na sua avaliação, constitui-se alento por todos os brasileiros que lutam pela democracia e pela justiça social e mostra “notório fracasso da aliança conservadora que aproveitou a comissão a seu serviço”.

“A CPI Incra/Funai acabou sem conclusão. Seu comando ruralista deixou, em vez de qualquer contribuição ao país, um legado de abusos, de truculências, de arbitrariedades e de ilegalidades que levaram suas vítimas a apresentar ao Supremo Tribunal Federal sete mandados de segurança acompanhados de pedidos de liminares que, acolhidos na Suprema Corte, suspenderam decisões drásticas da CPI”. Leia a íntegra:

Fim de CPI expõe fracasso da bancada ruralista

Criada e mantida ao longo de nada menos do que seis meses, pelas facções políticas e empresariais que se opõem à reforma agrária e a demandas legítimas das comunidades e dos povos indígenas e quilombolas, acabou na noite desta quarta-feira, 17, a Comissão Parlamentar de Inquérito de que se apropriou a bancada ruralista na Câmara dos Deputados na tentativa de desqualificar o Incra e a Funai e de criminalizar os movimentos sociais do campo.

O fim da CPI Incra/Funai constitui-se em evento saudável por todos os brasileiros que lutam pela democracia e pela justiça social. E constitui-se também em notório fracasso da aliança conservadora que aproveitou a comissão a seu serviço.

Majoritários na CPI, os ruralistas mandaram e desmandaram nela por 120 dias; estenderam as atividades, mediante três prorrogações, a 240 dias; e ainda assim não conseguiram sequer produzir um relatório capaz de comprometer minimamente, sob qualquer aspecto, o Incra, a Funai e as entidades e pessoas que se empenharam em investigar.

A CPI Incra/Funai acabou sem conclusão. Seu comando ruralista deixou, em vez de qualquer contribuição ao país, um legado de abusos, de truculências, de arbitrariedades e de ilegalidades que levaram suas vítimas a apresentar ao Supremo Tribunal Federal sete mandados de segurança acompanhados de pedidos de liminares que, acolhidos na Suprema Corte, suspenderam decisões drásticas da CPI.

Deputado federal Patrus Ananias”

Assessoria Parlamentar

Infografico CPI Funai site

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

João Daniel denuncia que regularização fundiária proposta por Bolsonaro acentua injustiça agrária

A preocupação com a medida provisória (MP 910/19), editada esta semana pelo governo federa…