Home Portal Notícias MST e CIMI convocam entrevista coletiva sobre venda de terras para estrangeiros

MST e CIMI convocam entrevista coletiva sobre venda de terras para estrangeiros

3 min read
0

mst 2

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e o Conselho Indigenista Missionário (CIMI) convocam entrevista coletiva para esta quinta-feira (4), às 10h, no Escritório Nacional do MST em Brasília.

As organizações vão se manifestar sobre o projeto de lei 4059/12, que trata da venda de terras brasileiras para estrangeiros. Além de expor suas preocupações sobre os impactos do projeto sobre a soberania nacional, as duas entidades vão se manifestar a respeito da reforma agrária, da demarcação de territórios indígenas e da produção de alimentos saudáveis.

Uma nota assinada por mais de 20 organizações de trabalhadores será divulgada durante a entrevista, com o seu posicionamento sobre a venda de terras para estrangeiros.

De grande interesse da bancada ruralista, o projeto 4059/12 deve ser votado pelo plenário da Câmara dos Deputados nos próximos dias.

Atualmente, a compra de terra por estrangeiros encontra limites. É possível a aquisição de até três módulos rurais, sem qualquer condicionalidade. Acima deste número é necessária a aprovação da compra pelo Estado brasileiro, com limite de 50 módulos para pessoa física e 100 para pessoa jurídica. O PL 4059/12 visa retirar estas restrições.

Recentemente, o ministro interino da Agricultura, Blairo Maggi, justificou que a alienação de terras ao capital estrangeiro permitirá que os bancos estrangeiros financiem a lavoura dos grandes proprietários e, em caso de prejuízo, teriam direito a ficar com a terra.

Agenda – A entrevista coletiva com o MST e CIMI será às 10h, no Escritório do MST: Setor Comercial Sul, quadra 6, Bloco A; Edifício Arnaldo Villares, sala 211 (O edifício fica na galeria em frente ao shopping Pátio Brasil).

Assessoria do MST

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Reforma da Previdência entra em vigor e pode ser o começo do fim da aposentadoria pública

Legislação proposta pelo governo Bolsonaro retira direitos, rebaixa benefícios e dificulta…