Home Portal Notícias Pesquisa do Ipos confirma que caiu apoio ao golpe e que brasileiros preferem Dilma a Temer

Pesquisa do Ipos confirma que caiu apoio ao golpe e que brasileiros preferem Dilma a Temer

3 min read
0

FicaQuerida4

Uma pesquisa feita pelo Instituto Ipsos, publicada pelo jornal Valor Econômico nesta terça-feira (26), traz números importantes sobre como os brasileiros enxergam o golpe de 2016: Entre março e julho deste ano caiu de 61% para 48% o percentual dos que defendem o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Isso demonstra que, após atingir um pico com a histeria golpista provocada pela grande mídia, a adesão ao impeachment caiu à medida que a população se deu conta do real objetivo dos golpistas: retroceder em direitos sociais e trabalhistas.

A pesquisa mostra também o percentual de brasileiros que defendem que Dilma volte e conclua seu mandato é maior do que o dos que desejam a permanência do interino Michel Temer. Dilma tem 20% contra 16% do vice em exercício, que é rejeitado por 68% da população brasileira.

A preferência da população, no entanto, é por novas eleições, tese defendida por 52%.

A pesquisa Ipsos também confirma a dimensão da fraude do último Datafolha, que chegou a divulgar que 50% dos brasileiros defendiam a permanência de Temer no poder, quando na verdade o percentual é de apenas 19%.

Rede social – Em sua conta no twitter, o deputado Zé Geraldo (PT-PA) ‏- @ZeGeraldoPT13 – destacou os resultados da pesquisa Ipso enfatizando que “parte esmagadora da população quer Fora-Temer (68%); 52% novas eleições; 20% prefere Dilma é só 16% quer Temer!

O deputado Sibá Machado (PT-AC) também divulgou o resultado da pesquisa em sua conta no twitter – @sibamachado13.

PT na Câmara com Brasil 247

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Projeto susta ato do Executivo que reclassifica nível de toxicidade de agrotóxicos

O Projeto de Decreto Legislativo 616/19 pretende tornar sem efeito o ato do Ministério da …