Home Portal Notícias Parlamentares recorrem à Mesa Diretora da Câmara para anular decisões da CPI da Funai

Parlamentares recorrem à Mesa Diretora da Câmara para anular decisões da CPI da Funai

3 min read
0

PatrusAnanias

Documento assinado por deputados do PT, do PSOL e do PSB e apresentado em plenário pelo deputado Patrus Ananias (PT-MG), nesta terça-feira (12), pretende que a Mesa da Câmara anule decisões da CPI Funai/Incra alegando a prática de 12 infrações ao regimento da Casa.

  A “questão de ordem” levanta dúvidas sobre a legalidade de procedimentos que o comando da CPI adotou em reunião do dia 6 de julho, em que foram aprovados três requerimentos. Um deles propôs “a quebra generalizada de sigilos fiscal e bancário de pessoas e instituições cujos nomes foram submetidos a sigilo”. Outro requisita à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul “todo acervo probatório de CPI” instituída naquela casa para investigar a atuação do Conselho Indigenista Missionário. O terceiro requisita da Polícia Federal a instauração de inquérito para apurar supostas irregularidades no processo de demarcação da Terra Indígena Morro dos Cavalos, em Santa Catarina.

“Nessa última reunião, o comando da comissão quebrou todas as regras e normas que regem uma CPI, violando e afrontando princípios e normas da Constituição e do Regimento da Câmara. As entidades que a CPI quer atingir estão entrando com mandados de segurança no Judiciário, e nós apresentamos hoje essa questão de ordem à Mesa da Câmara”.

 Às 14 horas desta quarta-feira, 13, deputados e representantes de entidades e movimentos sociais concederão entrevista no Salão Verde da Câmara e lerão declaração de repúdio ao comportamento do comando da CPI Funai/Incra. 

Gabinete Deputado Patrus Ananias

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Deputados criticam revisão de formulário autodeclatório para agricultor familiar

Deputados e representantes do setor questionam o excesso de informações exigidas e critica…