Home Portal Notícias Tucano ligado a Aécio Neves e Anastasia é preso em operação que apura desvio de recursos públicos

Tucano ligado a Aécio Neves e Anastasia é preso em operação que apura desvio de recursos públicos

6 min read
0

narcio presoO ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior no governo Antonio Anastasia e ex-presidente do PSDB de Minas Gerais Nárcio Rodrigues da Silveira foi preso nesta segunda-feira (30) sob suspeita de participar de um esquema de desvio de recursos públicos. A prisão – inicialmente por cinco dias – faz parte da Operação Aequalis (termo em latim que significa igual), deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais, que prendeu outras cinco pessoas e cumpriu 16 mandados de busca.

Rodrigues é pai do deputado federal Caio Nárcio (PSDB-MG), que, na votação da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara, fez uma homenagem ao pai. Com a bandeira do Brasil nas mãos, ao votar favoravelmente pelo afastamento da petista, ele defendeu um País mais decente e mais honesto e enfatizou: “meu pai e meu avô diziam que decência e honestidade não eram possibilidade, eram obrigação”.

De acordo com o Ministério Público mineiro, Nárcio Rodrigues faz parte do grupo suspeito de desviar, entre os anos de 2012 e 2014, mais de R$ 14 milhões em recursos públicos que deveriam ser destinados à construção e a projetos da Cidade das Águas, desenvolvida no município mineiro de Frutal pela Fundação Hidroex, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas.

Para o deputado Leonardo Monteiro (PT-MG), “a hipocrisia” foi desmascarada. Em sua conta no twitter e na sua página no Facebook, Monteiro destacou que mais um que cita golpista como exemplo de honestidade é desmentido pelos fatos, referindo-se ao deputado Caio Nárcio e à prisão do seu pai, Nárcio Rodrigues.

Nárcio Rodrigues, ainda segundo Monteiro, é visto como homem forte de Anastasia – relator do processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado – e também do senador Aécio Naves. “Ele (Nárcio) chegou a despontar como um dos principais interlocutores quando foi deputado federal e Aécio governador de Minas”.

Leonardo Monteiro lembrou ainda que Caio Narcio não é o primeiro “golpista mineiro a ser desmascarado na demagogia” e citou a deputada Raquel Muniz, do PSD, que dedicou o voto pelo golpe ao seu marido, Ruy Muniz, do PSB, prefeito de Montes Claros. “Ruy Muniz foi preso na manhã seguinte à votação do impeachment da presidenta Dilma Rousseff”.

Também em sua conta no twitter, o líder da Minoria na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE) retweetou post do Conversa Afiada: “Vai faltar cadeia pra turma do PSDB e seus aliados. É só a Justiça agir”.

O deputado Sibá Machado (PT-AC) retweetou o usupario FH Mossack Marinho (@ptfreire): “O cerco ao Aécio está se fechando… é questão de tempo”. Retweetou ainda Nelson Alves: “Votou pelo Golpe citando honestidade do pai. Dois meses depois seu pai é preso por corrupção”.

Vânia Rodrigues, com agências
Foto: TV Alterosa/reprodução

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Atentado contra caravana é reação da elite que vê aproximar-se a vitória de Lula

“O que aconteceu ontem (27) é reflexo do que estamos sentindo em toda a caravana. O fascis…