Home Portal Notícias Moema: “Derrubaremos o golpe, salvaremos a democracia e devolveremos a Dilma o seu mandato”

Moema: “Derrubaremos o golpe, salvaremos a democracia e devolveremos a Dilma o seu mandato”

9 min read
0

MoemaGRamacho GustavoB

Em artigo, a deputada Moema Gramacho (PT-BA) analisa o Golpe de 1964 no Brasil e o atual momento em que se golpeou a democracia para tirar do cargo uma presidenta honesta e eleita legitimamente: Dilma Rousseff. Leia a íntegra: 

A história não se repetirá.

Eu tinha apenas o dobro da idade de meu neto, portanto dez anos, quando vi meu pai se indignar com uma frase: “quem não tem cão caça com gato, quem não tem cão nem gato, caça com um ato” – o AI-5,  começava o pior momento da ditadura, a subtração de direitos, cassações, prisões, inclusive a de Juscelino Kubitschek, fechamento do Congresso Nacional.

O Golpe de 64 e, logo depois, o AI-5 de 68, deixaram cicatrizes profundas. Muitos dos nossos foram exilados, outros presos, torturados, assassinados. Como disse Chico Buarque “Página desbotada da memória das nossas novas gerações”. Essa parte da história, claro, a Globo não mostra. Foi apoiadora do Golpe de 1964 e, agora, sonegadora de mais de 2 bilhões de reais em impostos, envolvida no escândalo do Panamá Paper, verdadeiros laranjais para lavagem de dinheiro, incentiva, convoca, transmite e decreta o seu apoio a esse golpe. Repetiu 64, não mais com baionetas e fuzis, mas com mentiras, vazamentos seletivos e massacre psicológico contra o PT, Lula, Dilma e nosso Governo.

Mas, como não fugimos da luta, enfrentamos aquele golpe anos a fio, com vidas ceifadas, famílias desagregadas e nossas lideranças torturadas, dentre elas, uma jovem de 22 anos, Dilma Rousseff, que não se dobrou a violência. A sua força e a sua esperança de um Brasil sem donos, foi muito maior. Superamos a ditadura, lutamos pela anistia, pelas diretas e pela Democracia. Na luta pelo combate às desigualdades brutais do nosso país, foi preciso que primeiro um operário, depois uma mulher, chegassem a Presidência para tirar 36 milhões de pessoas da pobreza extrema, excluindo o Brasil do mapa da fome no mundo.

Lula, chamado de semianalfabeto, foi quem abriu caminho para colorir as universidades que até então eram restritas a uma maioria de brancos e ricos. E, juntos, Lula e Dilma, investiram em educação muito mais do que todos os que os antecederam.

A corrupção que existe desde sempre no Brasil só passou a ser enfrentada a partir de Lula e Dilma quando fortaleceram as instituições e lhes deram autonomia para investigar e punir.

Não pensei, que viveria EM 2016, esse momento de agressão à Democracia. Querem rasgar a Constituição Cidadã de 1988. A desequilibrada “ponte para o futuro”, consiste em surrupiar um projeto, deformando-o para adequá-lo aos interesses de poucos. Temer traidor e Aécio citado várias vezes na Lava Jato e em Furnas são, na verdade, a ponte de volta ao passado, cujo filme já vimos e o povo não quer repetir.

Com que cara esses golpistas vão olhar para seus filhos e netos, tentando condenar uma mulher inocente e salvando corruptos contumazes? Vão dizer a seus filhos que na política vale tudo?

Não, a política não vale tudo e os golpistas não conseguiram enganar por muito tempo. Hoje, poucos dias depois da votação no Senado, o Golpe foi revelado e bem desenhado e de conhecimento do Brasil e do mundo, após as revelações do ex-ministro relâmpago do pseudo Governo Temer, cheio de trapalhadas, Romero Jucá que bombasticamente revelou a principal intenção: “Tirar Dilma para barrar a sangria da Lava-Jato”.

A palavra agora está com todos os que se envolveram naquela gravação, mas acima de tudo, está na nossa resistência, na força da aliança com os movimentos sociais. Ocupando os parlamentos e as ruas, exigindo Fora Temer, Cunha, Aécio, Jucá, e os golpistas inescrupulosos que votaram para tirar uma mulher honesta, para colocar um traidor com seus 7 ministros envolvidos na lava-jato, 2 querendo foro privilegiado.

Portanto, derrubaremos esse Golpe, salvaremos a Democracia e devolveremos a Dilma o seu legítimo mandato. A história não se repetirá.

Abaixo o Golpe! Viva a Democracia.

Assessoria Parlamentar

Foto: Gustavo Bezerra/PT na Câmara
Mais fotos no 
www.flickr.com/ptnacamara

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líderes repudiam massacre de trabalhadores

Os líderes do PT no Senado e na Câmara divulgaram nota de repúdio ao massacre de trabalhad…