Home Portal Notícias João Daniel diz que Temer virou às costas para direitos sociais, mulheres, cultura e ciência

João Daniel diz que Temer virou às costas para direitos sociais, mulheres, cultura e ciência

5 min read
0

joaodaniel

O deputado João Daniel (PT-SE) lamentou, em discurso no plenário, que no seu primeiro ato o presidente interino Michel Temer tenha “mandado para o andar de baixo” os direitos humanos, as mulheres, a cultura e a Ciência. “O governo antidemocrático de Temer começa  atacando as áreas sociais, os direitos dos trabalhadores. Eu vejo com muita tristeza esse momento, mas, ao mesmo tempo, de cabeça erguida, para que todos continuem firmes e fortes, em especial as centrais sindicais combativas, a Frente Brasil Popular. Firmes e fortes na luta pela democracia”, afirmou o petista.

João Daniel citou declaração do cientista político Paulo Sérgio Pinheiro, ex-ministro de Direitos Humanos de FHC e membro da Comissão Nacional da Verdade. “É uma fala de uma voz insuspeita, defensor dos direitos humanos e reconhecido mundialmente. Ele fala: Que gestos mais simbólicos poderíamos esperar de um presidente que sobe ao poder envolvido em manobras tão obscuras, ancorado por uma elite tão pouco representativa da sociedade brasileira? Apoiado na Bíblia, na bala, no boi e, provavelmente, nos bancos o presidente no seu primeiro ato manda para o espaço as vozes dos excluídos e da cultura e razão”.

O parlamentar petista também lamentou o desmonte em setores importantes do Estado. “É lamentável que os ministérios que tinham uma maior relação com os movimentos sociais e com o povo tenham sido extintos ou unificados  a áreas que não têm a ver com as suas finalidades”, disse.

“Seguir a receita neoliberal do Estado mínimo, onde deve-se  tratar de forma não prioritária as demandas dos oprimidos e as políticas de redução das desigualdades sociais e regionais, é buscar fazer um governo que atenda somente as demandas da elite brasileira.  O golpe em curso no Brasil não é um fato isolado na conjuntura internacional. É mais uma peça, e uma das principais, da política orquestrada pelo imperialismo para substituir os governos nacionalistas em toda a América Latina, como ocorreu em Honduras e no Paraguai”, disse João Daniel.

O deputado do PT defendeu a resistência ao governo ilegítimo de Temer. “Lutaremos para antecipar o fim deste governo e retomar o processo democrático constitucional que tanto lutamos para consolidar e que esperamos que retome o seu caminho normal e que não tenhamos  mais colégio eleitoral elegendo os nossos presidentes. Vamos à luta, vamos às ruas, com o povo em defesa de nosso Estado Democrático”, finalizou João Daniel.

Gizele Benitz
Foto: Gustavo Bezerra/PT na Câmara
Mais fotos no 
www.flickr.com/ptnacamara

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líderes repudiam massacre de trabalhadores

Os líderes do PT no Senado e na Câmara divulgaram nota de repúdio ao massacre de trabalhad…