Home Portal Notícias Bancada do PT apoia luta da UNE contra instalação de CPI motivada por vingança política

Bancada do PT apoia luta da UNE contra instalação de CPI motivada por vingança política

6 min read
0

UNEcomdeputados

A presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, visitou na quinta-feira (5) a liderança do PT na Câmara para solicitar o apoio do partido na luta contra a instalação da CPI que pretende investigar a entidade. Criada na última quarta-feira (4) pelo réu no Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a CPI tem como autor do requerimento de instalação o deputado Marco Feliciano (PSC-RJ), e é baseada em recortes de jornais que apontam supostas irregularidades em convênio da entidade com a União.

Durante o encontro com o líder do PT, deputado Afonso Florence (BA), e com os deputados Assis Carvalho (PI), Carlos Zarattini (SP), Léo de Brito (AC), Margarida Salomão (MG) e Paulão (AL), a presidenta da UNE afirmou que a criação da CPI “é uma clara retaliação política de Eduardo Cunha contra a entidade”.

Desde o ano passado a UNE e vários outros movimentos sociais têm denunciado e criticado a agenda conservadora e fundamentalista adotada por Cunha na presidência da Câmara. As críticas aumentaram nos últimos meses após o presidente afastado ter instalado, por vingança, o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

“Essa CPI é um completo absurdo. Primeiro, porque não tem fato determinado, como manda a Constituição e também porque pede investigação sobre situações totalmente legais, como é o caso da indenização paga pela União à UNE, aprovada por esta Casa. Se preciso for, iremos ao STF para provar que a abertura desta CPI é uma vingança de Cunha por causa da atuação da UNE”, afirmou Carina Vitral.

Após ser aprovada pelo Congresso Nacional, em 21 de junho de 2010, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva promulgou a Lei 12.260/10. A norma reconheceu a responsabilidade do Estado brasileiro pela destruição, no ano de 1964, da sede da UNE, localizada no município do Rio de Janeiro. A entidade recebeu R$ 44,6 milhões a título de indenização da União Federal pelos danos sofridos na ditadura militar. 

Apoio– Ao final do encontro, o líder do PT hipotecou total apoio à entidade na luta contra a instalação da CPI.

“O PT vai apoiar a UNE nessa luta por tudo que a entidade representa para o país e também por ser uma decisão descabida, uma verdadeira retaliação política promovida pelo presidente afastado Eduardo Cunha”, garantiu Florence.

Discurso – Em pronunciamento feito na sessão de quinta-feira (5), na Câmara, o deputado João Daniel (PT-SE) repudiou a criação da CPI para investigar a UNE. Na avaliação do parlamentar, “essa é uma tentativa de criminalizar os movimentos estudantis no país”.

Héber Carvalho

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lula Day: 75 anos do ex-presidente são celebrados com atividades no Brasil e no exterior

A segunda edição do Lula Day está marcada para iniciar no próximo sábado (24). O evento co…