Home Portal Notícias Luiz Couto elogia artigo de Emir Sader: Povo não reconhece esse Congresso

Luiz Couto elogia artigo de Emir Sader: Povo não reconhece esse Congresso

7 min read
0

LuizCouto BrunoFranchini

O deputado Luiz Couto (PT-PB) elogiou em pronunciamento no plenário artigo de autoria do jornalista Emir Sader publicado no Site Brasil 247 e que, de acordo com Luiz Couto, faz uma análise da votação ocorrida no domingo na Câmara. “Emir Sader fala sobre a diferença dos dois Brasis, pedaços do mesmo país, mas que pareciam pertencer a dois países distintos”, disse.

“Na opinião de Sader nunca tivemos tantas manifestações, em tantos lugares do país, tantas declarações de entidades, as mais diversas da sociedade civil, todas expressando a condenação ao golpe e o apoio à continuidade do processo democrático. Ao mesmo tempo, disse Sader, o espirito unitário das manifestações, em torno da defesa da democracia, demonstrou uma grande maturidade política do movimento popular brasileiro”, afirmou o deputado .

“Frente a esse quadro, tivemos um outro, protagonizado pela Câmara, dirigida pelo político mais corrupto do Brasil, atuando com seus métodos gangsters, de manipulação, chantagem, pressão, corrupção, como se uma instituição como o Congresso, lhe pertencesse. E, ao seu redor, uma maioria execrável de parlamentares, promovendo um golpe branco no país, usurpando o direito do povo de eleger seus governantes, acreditando que podem eleger um presidente da República com 1% de apoio, como se o poder fosse um botim que pudesse ser assaltado por capatazes”, relatou Luiz Couto trecho do artigo.

Ainda de acordo com o deputado, o jornalista Emir Sader, “consciente de sua convicção e sua visão política discorre sobre os discursos que envergonham o país, mas quando nos lembramos que eles compõem a bancada da bala, a do fundamentalismo evangélico, a do agronegócio, e tantas outras, e nos recordamos os retrocessos que promoveram sob a direção de Eduardo Cunha, nos damos conta de quem compõem o Congresso brasileiro atual. São duas porções do mesmo país, que não se reconhecem. O povo não reconhece nesses congressistas seus representantes. E os deputados não conhecem o povo brasileiro”, destacou.

“Conforme Emir Sader disse no artigo é um desastre para a democracia brasileira ter um Congresso assim, pelos interesses minoritários dominantes e retrógrados que eles representam. E por terem sido eleitos com apoio financeiro de um parlamentar que envergonha a qualquer Congresso”.

O jornalista explica, disse ainda Luiz Couto, “ que entender essas duas caras do mesmo país é fundamental para entender os obstáculos que a construção de um país democrático requer. A crise atual só se aprofunda com essa decisão. Não há possibilidade que um governo dirigido por alguém que tem 1% de apoio e 81% de rejeição, com um duro ajuste fiscal, eleito por um golpe, possa resolver a crise brasileira. Ele faz parte da crise”.

Pra o deputado Luiz Couto, esse Congresso não pode mais viver solto no ar, tomando decisões contra o povo, contra o país, tentando se apropriar do governo como se fosse um botim de uma gangue, dirigido por um parlamentar execrável. “Veremos nos próximos meses que país triunfará sobre o outro, ou que porção do Brasil representa realmente o país. Parabenizo o jornalista Emir Sader”, disse Luiz Couto.

Gizele Benitz

Foto: Bruno Franchini

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Rogério Correia e Malu Ribeiro, da Fundação SOS Mata Atlântica, analisam crime de Brumadinho