Home Portal Notícias Governo não pode ser objeto de golpe por razões políticas, defende Dilma

Governo não pode ser objeto de golpe por razões políticas, defende Dilma

6 min read
0

DilmaPDT

A presidenta Dilma Rousseff voltou a condenar, nesta sexta-feira (22), as tentativas de golpe contra a democracia brasileira. O repúdio ao assunto foi feito durante reunião do Diretório Nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Dilma comparou a tentativa de impeachment contra o ex-presidente Getúlio Vargas com o momento atual político vivido no Brasil. Ele foi alvo de um processo de impeachment em 1954. No entanto, o tema foi rejeitado pela Câmara dos Deputados, na época.

“O impeachment que tentaram impor ao Getúlio é um prenúncio do que está acontecendo hoje no Brasil. Não há nenhuma base para um impeachment e eles sabem disso e não ligam para isso também. Não gostam de ser chamados de golpistas, mas são”, disse a presidenta.

A presidenta defendeu que o governo deve, sim, ser alvo de críticas e julgamentos, mas não pode ser objeto de “golpe” por razões políticas. Ela ainda relembrou que não há parlamentarismo no Brasil, mas sim o presidencialismo.

 “Um governo não pode ser objeto de um golpe por razões que eles chamam de políticas, que não são nem relativas à moral, nem tampouco relativas ao uso indevido de dinheiro público”, defendeu.

 Ao abordar o assunto “impeachment”, Dilma voltou a dizer que não responde a nenhuma acusação de uso indevido de dinheiro público, que não tem dinheiro no exterior e que tem uma vida “absolutamente ilibada”. “Honro os meus companheiros, porque eu sei que os meus companheiros sempre combateram o mau uso do dinheiro público, a corrupção, e mais do que nunca fomos sempre nós do lado do povo brasileiro que defendemos a democracia”, completou.

Durante o encontro, a presidenta fez uma homenagem a Leonel Brizola. “Nós sabemos o compromisso, a luta e o esforço imenso do Brizola ao colocar a educação como uma das questões fundamentais no processo de redemocratização do nosso pais e de construção de um novo caminho para o Brasil”, lembrou a presidenta.

A presidenta ainda reforçou a importância de Leonel Brizola para sua vida política. “Me permitiu duas coisas em relação aos heróis trabalhistas. Primeiro, trazer o corpo do Jango de volta e segundo, colocar Leonel Brizola entre os Heróis da Pátria”, disse. “Eu acho importante um povo ter seus heróis”, completou a presidenta.

 Economia – A presidenta aproveitou a reunião do PDT para reafirmar o compromisso do governo federal com o restabelecimento econômico do Brasil. “Nós vamos voltar a gerar emprego e renda. Nós vamos voltar a desenvolver esse país”.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Foto: José Cruz/ABr

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Projeto de deputados do PT proíbe uso agropecuário e urbano de terras desmatadas ou queimadas por 20 anos

Os deputados federais Nilto Tatto (PT-SP) e Alencar Santana Braga (PT-SP) protocolaram na …