Home Portal Notícias Ministério da Educação desmente boato sobre livros infantis; Bolsonaro usa de má fé

Ministério da Educação desmente boato sobre livros infantis; Bolsonaro usa de má fé

5 min read
0

mentira bolsonaro

Em nota, o Ministério da Educação esclarece que a obra “Aparelho Sexual e Cia” nunca foi produzida, adquirida, ou distribuída pelo MEC. Trata-se de uma publicação da Cia das Letras. A editora informa em seu catálogo que a obra já vendeu 1,5 milhão de exemplares em todo o mundo, publicada em 10 idiomas.

Essa questão já foi respondida oficialmente pelo Ministério da Educação, em 2013, à imprensa: “A informação sobre a suposta recomendação é equivocada e que o livro não consta no Programa Nacional do Livro Didático/PNLD e no Programa Nacional Biblioteca da Escola/PNBE”.

Da mesma forma, a revista Nova Escola, edição 279 de fevereiro/ 2015, que traz a matéria “Educação sexual: Precisamos falar sobre Romeo…”, uma reportagem sobre sexo, sexualidade e gênero, dirigida a professores, não é uma publicação do MEC, e sim da Editora Abril.

“Portanto, cabe reafirmar que o vídeo que apresenta as obras como sendo do MEC, em nenhum momento, comprova a vinculação do Ministério aos materiais citados, justamente porque essa vinculação não existe”, diz a nota.

Calúnia – O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ)  publicou recentemente em seu Facebook um vídeo acusando o PT de levar às escolas livros que, segundo ele, ensinariam sexo para as crianças e estimulariam a pedofilia.  Ele inicia o circo político citando o artigo do tucano Marco Antônio Villa que foi publicado recentemente no Globo e comentado no canal “Sem Edições” da Veja. No texto intitulado “A revolução Cultural do PT”, à melhor moda 1964, o jornalista denuncia o “currículo escolar do PT”, afirmando que a política educacional de nossos governos “transformará Mao Tsé-Tung em um moderado pedagogo”: a velha estratégia de caça ao comunismo. 

A histeria de Villa contra o PT e a já conhecida estratégia da extrema direita de usar a diversidade e o gênero para fazer palco político – insinuando que, em breve, viveremos em uma ditadura “gayzista” e feminista – serviu de gancho para Bolsonaro usar de má fé e fazer um vídeo mentiroso em tom catastrófico sobre o governo Dilma.  De acordo com o deputado, o Ministério da Educação estaria disponibilizando o livro “Aparelho sexual & CIA” nas bibliotecas escolares.

 Ministério da Educação com agências

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Deputadas do PT cobram da Câmara punição de bolsonarista Bibo Nunes por misoginia e quebra de ética parlamentar

O Núcleo de Deputadas Federais da Bancada do PT enviou hoje (4) um ofício à Procuradoria-G…