Home Portal Notícias Adolescente faz sucesso na Internet com vídeos sobre personagens negros da história do Brasil

Adolescente faz sucesso na Internet com vídeos sobre personagens negros da história do Brasil

3 min read
0

pedro henriqueO adolescente Pedro Henrique, de 13 anos e morador de São Paulo, está fazendo sucesso na internet com um canal de vídeos sobre heróis brasileiros negros. Educativos, os vídeos chamam a atenção para o racismo e para a importância da valorização da cultura africana.

Com linguagem ágil e descontraída, Pedro Henrique conta a história de grandes expoentes da história do movimento negro brasileiro Zumbi, Luiz Gama e João Cândido, além do escritor Machado de Assis. O próximo vídeo será sobre Dandara, que liderou o quilombo de Palmares, ao lado do marido, Zumbi.

O garoto, que fazia vídeos de temas variados em um canal do Youtube, decidiu criar a série “Meus Heróis Negros Brasileiros” depois de assistir à peça “O Topo da Montanha”, protagonizada por Lázaro Ramos e Taís Araújo, que conta a história dos últimos dias do ativista negro norte-americano Martin Luther King.

“O racismo é um assunto que sempre me incomodou. Essa peça fala muito sobre isso. Depois que eu vi, me tocou muito e eu queria fazer alguma coisa, não podia ficar parado”, conta Pedro, em reportagem da TV Brasil reproduzida na edição de ontem (5) do Seu Jornal, da TVT.

A mãe, Egnalda, auxilia o filho nas pesquisas históricas e se diz orgulhosa do resultado. “É ele se ver, enxergar os heróis afrodescendentes com sua grande importância, ter se inspirado e se colocar na frente de uma câmera, como protagonista, contando histórias de grandes protagonistas.”

A repercussão vem sendo muito positiva, conta Pedro: “Já tinha um ano de canal, antes de começar com esse quadro, com 156 inscritos. Agora já estou com 6 mil inscritos”.

Rede Brasil Atual

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Atentado contra caravana é reação da elite que vê aproximar-se a vitória de Lula

“O que aconteceu ontem (27) é reflexo do que estamos sentindo em toda a caravana. O fascis…