Home Portal Notícias Jorge Solla desmente mitos sobre o SUS e ressalta que toda a população se beneficia diretamente dele

Jorge Solla desmente mitos sobre o SUS e ressalta que toda a população se beneficia diretamente dele

7 min read
0

JorgeSolla SaluO deputado Jorge Solla (PT-BA) registrou em plenário a realização, em Brasília, da 15ª Conferência Nacional de Saúde. “Esta conferência é um grande marco nessa luta por maior e melhor financiamento para o Sistema Único de Saúde. Este encontro está recebendo milhares de militantes do Sistema Único de Saúde (SUS), de delegados de todos os Estados, que vêm à Brasília para fortalecer o controle social, fortalecer essa política pública”, disse. A Conferência foi aberta nesta terça (1º) e seguirá até a quinta-feira (4).

Solla reiterou a eficiência do SUS. “Eu insisto e desafio sempre que me mostrem qual é a política pública no Brasil que faz muito com tão pouco e é mais eficiente. Eficiência é isto: fazer muito com o pouco que tem. Qual política pública é mais eficiente do que o Sistema Único de Saúde? Nenhuma”, afirmou.

De acordo com o parlamentar petista, “somando todos os recursos dos estados, do governo federal e dos municípios, o SUS tem em torno de um dólar por habitante/dia para ir do maior programa de vacinação do mundo ao maior programa público em transplante de órgãos do mundo”.

O deputado também rebateu as críticas feitas ao SUS e lembrou que toda a população brasileira pe beneficiada diretamente pelo sistema. “Há duas grandes mentiras que tentam vender ao senso comum o tempo todo — e é importante que a população brasileira saiba que são mentiras. A primeira é sobre aquele sujeito que diz que não usa o SUS. Toda a população brasileira usa o SUS. Ocorre que um terço da população tem acesso, além do SUS, à saúde suplementar ou ao plano de saúde, outra alternativa de atendimento. Mas essa parcela, mesmo dispondo de saúde suplementar, utiliza o Sistema Único de Saúde em várias situações: na vacinação, nos transplantes, na vigilância sanitária. Não conheço plano de saúde que faça combate ao mosquito da dengue. Isso tudo depende do Sistema Único de Saúde”, explicou.

Outra grande mentira, acrescentou Jorge Solla, “é quando dizem que o SUS é medicina pobre para pobre”. Mais de 90% de toda oferta de saúde de alto custo e de alta complexidade neste País, informou o parlamentar, são feitos pelo SUS. “Mais de 90% das cirurgias cardíacas, 95% dos transplantes, 97% da hemodiálise, 99% dos tratamentos de alto custo, como de hepatite, de AIDS e outras doenças. Tudo isso é feito graças ao Sistema Único de Saúde”, listou.

O deputado baiano defendeu também a ampliação dos investimentos na saúde. “Temos que aproveitar a oportunidade de mais essa grande Conferência Nacional de Saúde para começar a viabilizar, com o apoio desta Casa, um orçamento melhor para a área de saúde, com mais recursos. Não podemos permitir que seja aprovado para o Sistema Único de Saúde o orçamento previsto para o próximo ano”, finalizou o parlamentar do PT.

Gizele Benitz
Foto: Salu Parente/PT na Câmara

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara aprova urgência para projeto sobre crimes contra o Estado e para cartão online de vacinação

A Câmara aprovou nesta terça-feira (20), por 386 votos a 57, o requerimento de urgência pa…