Home Portal Notícias CNBB pede superação de conflitos e repudia ações que aprofundam exclusão; Caetano elogia entidade

CNBB pede superação de conflitos e repudia ações que aprofundam exclusão; Caetano elogia entidade

5 min read
0

cae

 

O deputado Caetano (PT-BA) usou a tribuna da Câmara nesta quinta-feira (5) para parabenizar a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pela produção do documento “A realidade sociopolítica brasileira: dificuldades e oportunidades”. Segundo o parlamentar, a entidade retrata no texto “uma visão realista e consentânea com o Brasil atual”. Caetano destacou que as reflexões contidas no documento “demonstram o artificialismo de parte importante dos meios de comunicação e aparatos institucionais que consideram o fim do mundo a atual crise vivida em nosso País”.

“A permanência e o agravamento da crise política e econômica que toma conta do Brasil parece indicar incapacidade das instituições republicanas que não encontram um modo de superar o conflito de interesses que sufoca a vida nacional, e que faz parecer que todas as atividades do País estão paralisadas e sem rumo”, diz trecho do documento citado pelo deputado Caetano.

O deputado disse ainda que a CNBB convoca a todos a assegurar a governabilidade que implica o funcionamento adequado dos três poderes, distintos, mas harmônicos; recuperar o crescimento sustentável, além de diminuir as desigualdades e exigir profundas transformações na saúde e na educação. Caetano citou ainda que o documento reforça a ideia de que “cada protagonista terá que ceder em prol da construção do bem comum, sem o que nada se obterá”.

“É preciso garantir o aprofundamento das conquistas sociais com vistas à construção de uma sociedade justa e igualitária. Cabe à sociedade civil exigir que os governantes do Executivo, Legislativo e Judiciário recusem terminantemente mecanismos políticos que, disfarçados de solução, aprofundam a exclusão social e alimentam a violência, entre os quais o estado penal seletivo, as tentativas de redução da maioridade penal, a flexibilização ou revogação do Estatuto do Desarmamento e a transferência da demarcação de terras indígenas para o Congresso Nacional”, diz o texto.

O deputado destacou também o item em que a CNBB aponta que, ao fazer o enfrentamento das dificuldades pelas quais passa o País, “não se pode abrir espaço para medidas que, de maneira oportunista, se apresentam, como soluções fáceis para questões sabidamente graves e que exigem reflexão e discussão mais profundas com a sociedade”.

Benildes Rodrigues

Leia a íntegra do documento aqui. – http://goo.gl/NFfIyA

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara aprova projeto que suspende encargos tributários de setores econômicos durante a pandemia

No esforço de minimizar os impactos recessivos, a quebra de empresas, a perda de empregos …