Home Portal Notícias Marcon discursa sobre conferência de segurança alimentar e pede vigilância para manter conquistas no combate à fome

Marcon discursa sobre conferência de segurança alimentar e pede vigilância para manter conquistas no combate à fome

6 min read
0

Marcon GustavoB

Em discurso sobre a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, o deputado Marcon (PT-RS) destacou no plenário da Câmara o marco histórico promovido pelos governos do Partido dos Trabalhadores que, em pouco mais de uma década, conseguiram extirpar uma mazela que se arrastava por 500 anos no Brasil: a fome.

“Muitos diziam que a fome era parte da realidade brasileira, mas nunca aceitamos esse discurso. Sair do Mapa da Fome foi uma grande vitória e mostrou o empenho do governo e da sociedade civil para construir uma nova agenda”, disse o petista, fazendo referência ao fato de o Brasil haver saído em 2014 do Mapa da Fome, da Organização das Nações Unidas (ONU).

A conferência, que ocorre até esta sexta-feira (6), no Centro de Convenções, em Brasília, tem a participação de cerca de 2 mil pessoas, entre delegados, convidados, representantes da sociedade civil, observadores internacionais e, na sua abertura, contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff, da ministra Tereza Campello (MDS) e dos ministros Patrus Ananias (MDA), Marcelo Castro (Saúde) e Luis Claudio (adjunto do MEC).

Em seu discurso, Marcou destacou a importância da recriação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), que trouxe ao centro do debate o tema segurança alimentar. Segundo o deputado, a volta do Consea é fruto da participação social e de um governo que ouviu os movimentos populares e resolveu construir políticas públicas estruturantes.

“O Brasil conseguiu reduzir o percentual da população em situação de fome de 10%, em 2002, para 1,7%, em 2014. O País ainda tem um grande desafio pela frente: reduzir a insegurança alimentar de povos e comunidades tradicionais”, reforçou.
O deputado chamou a atenção também para os inúmeros programas do governo que, nos últimos 12 anos, contribuíram para o combate à pobreza e à fome, a partir da melhoria da renda da população, com geração de empregos, aumento do salário mínimo, transferência de renda, fortalecimento da agricultura familiar e ampliação da merenda escolar.

O petista citou ainda o Programa Água para Todos, que foi estratégico para o País reduzir a situação de fome. Ele argumentou que, com o acesso à água, as famílias mais pobres tiveram a oportunidade de produzir mais e vender o excedente.

“A conferência, além de afirmar as conquistas, tem que nortear o futuro, para que possamos fazer mais nos próximos 10 anos. Agora temos que ter um olho no futuro, vigilante, porque as conquistas sociais no Brasil estão em risco. Ninguém aceita retroceder e estaremos prontos para essa luta”, concluiu.

PT na Câmara

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Guedes delira sobre retomada da economia e anuncia fim do auxílio no final do ano

Ministro da Economia varia o discurso conforme a plateia. Nesta segunda, garantiu a um púb…