Home Portal Notícias Guimarães repudia intolerância da oposição e ataques a Lula e sua família

Guimarães repudia intolerância da oposição e ataques a Lula e sua família

3 min read
0

JoseGuimaraesEm pronunciamento na tribuna, nesta quarta-feira (28), o deputado José Guimarães (PT-CE), líder do Governo na Câmara, criticou duramente a intolerância da oposição golpista de direita que insiste em tentar interromper o mandato da presidenta Dilma Rousseff e dissemina ódio contra o PT em todo o País.

“Eu pergunto: quem é mais intolerante? É alguém que diz alguma palavra com essa meia dúzia que está em frente ao Congresso ou dentro do Congresso? É mais intolerante isso ou aquilo que esse mesmo movimento fez no enterro do José Eduardo Dutra, lá em Belo Horizonte?”, questionou Guimarães, fazendo referência a um grupo vinculado aos movimentos golpistas que atacou o funeral do ex-presidente do PT e distribuiu panfletos desejando a morte de petistas e de Lula.

O deputado cearense repudiou os ataques feitos ao ex-presidente Lula e à sua família. “Este País sabe que muitas vezes parlamentares sobem à tribuna para agredir familiares do ex-Presidente Lula. Quantas vezes – dirijo-me ao PSDB – vocês viram algum de nós aqui agredindo filho ou familiares do presidente Fernando Henrique Cardoso? Respeitem, sobretudo, alguém que como presidente do Brasil fez mais pelo povo brasileiro como o presidente Lula”, cobrou Guimarães.

“Eu ouvi aqui deputados gritando ‘fora PT!’, fora isso e fora aquilo, aqui, dentro do plenário! Isso não é razoável! Aqui, precisa haver, no mínimo, uma convivência respeitosa. Aqui não é terreiro de briga de galo. Aqui é lugar para se discutir o País e não para essa baixaria”, lamentou o líder.

Guimarães pediu um debate mais elevado por parte da oposição conservadora. “Não pode ser um debate pequeno da forma que muitas vezes é feito aqui dentro”, criticou.

Rogério Tomaz Jr.
Foto: 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lactantes pela Vacina: duas vidas salvas

Por Alexandre Padilha   No início do mês de maio soube pelas redes sociais do movimen…