Home Portal Notícias Anúncio do Brasil na ONU sobre clima terá grande repercussão, afirma Itamaraty

Anúncio do Brasil na ONU sobre clima terá grande repercussão, afirma Itamaraty

5 min read
0

Dilma ONu Clima

A presidenta Dilma Rousseff deve divulgar no próximo domingo (27), durante seu pronunciamento na Cúpula sobre Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, em Nova York, as metas do Brasil para Cúpula do Clima de Paris, que acontece no final deste ano, na capital francesa, a COP21.

A informação foi dada nesta quarta-feira (23) pelo subsecretário-geral de Política do Itamaraty, Fernando Simas. A cúpula será realizada nos próximos dias 25 e 27 de setembro, nos Estados Unidos, e antecede a Assembleia Geral que marcará os 70 anos de criação da ONU.

Para Simas, a proposta brasileira, além de “ambiciosa e inovadora” é resultado de uma ampla consulta à sociedade civil brasileira e reafirma o compromisso do Brasil com a agenda da sustentabilidade.

“O anúncio que vai ser feito pela presidenta vai ter uma grande repercussão. Porque ele vai ser uma reiteração do nosso compromisso com a agenda da mudança do clima, mas com um olhar ainda mais ambicioso sobre aquilo que os países em desenvolvimento podem fazer”, afirmou.

Em entrevista ao Blog do Planalto, o embaixador destacou que o Brasil chega à Cúpula sobre Desenvolvimento Sustentável como umas das maiores referências internacionais em relação aos novos grandes temas da agenda global.

Para Simas, objetivos como a redução de gases do efeito estufa, a busca por fontes alternativas de energia e o combate à pobreza foram completamente incorporados às políticas públicas brasileiras nos últimos anos, e fizeram com que o Brasil se tornasse a grande liderança internacional para o desenvolvimento sustentável.

Além de enfatizar a posição do Brasil como o País que mais se destacou no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), definidos pela ONU no início dos anos 2000.

“Nós cumprimos boa parte dos objetivos a que nos propusemos. Tivemos um grande êxito com as políticas de superação da pobreza e de garantias de segurança alimentar e nutricional, de incorporação das crianças à educação básica, à educação média e ao acesso ao ensino superior. (…) Além da redução da emissão dos gases de efeito estufa, em que nós somos obviamente uma referência importantíssima.

Basta ver os dados que vimos obtendo na redução do desmatamento e, obviamente, na redução da emissão dos gases de efeito estufa, para ver êxito que tivemos na implementação dessas políticas”, acrescentou.

Blog do Planalto

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Zarattini defende auxílio emergencial de R$ 600,00 e denuncia Bolsonaro por desprezar drama de milhões de brasileiros

O líder da Minoria no Congresso Nacional, deputado Carlos Zarattini (PT-SP), acusou hoje (…