Home Portal Notícias Nilto Tatto: “Lula e Dilma colocaram o Estado brasileiro de pé”

Nilto Tatto: “Lula e Dilma colocaram o Estado brasileiro de pé”

6 min read
0

NiltoTatto gustavo

O deputado Nilto Tatto (PT-SP), em pronunciamento feito na tribuna da Câmara nesta quinta-feira (10), chamou a atenção para as conquistas que o povo brasileiro teve nos últimos 13 anos e observou que a manutenção dos ganhos no momento de turbulência econômica mundial é reflexo da responsabilidade política, econômica e social do governo. “Os governos Lula e Dilma colocaram o Estado brasileiro de pé, que estava em frangalhos quando o PT assumiu em 2003”, observou Nilto Tatto.

“Ter restaurado a capacidade estatal de fazer política pública e política econômica foi crucial para todos os avanços conquistados, e para que o País enfrentasse a crise econômica mundial deflagrada em 2008, sem lançar milhões de pessoas no desemprego e na miséria como vem acontecendo em outros países. Vale lembrar que esta crise que o mundo atravessa é a maior crise sistêmica da história do capitalismo”, alertou.

Nesses 13 anos dos governos do ex-presidente Lula e da presidenta Dilma, lembrou o deputado, o Estado vem cumprindo o seu papel que, segundo ele, é o de diminuir as desigualdades criadas pela economia capitalista, fazer anteparos à sanha do lucro, garantir direitos e dignidade às populações menos favorecidas e criar oportunidades para todos. “Ainda não concretizamos todos os aspectos da justiça social em sua plenitude e, por isso, seguimos lutando”, salientou.

Nilto Tatto criticou setores da oposição que, na avaliação dele, recusam a aceitar a expansão de direitos proporcionados pelos governos petistas nos últimos períodos. “O embate político é sempre salutar, mas a tentativa de desqualificação do PT é muito mais por tais conquistas do que por possíveis erros cometidos por membros do partido”, avaliou.

Para o petista, neste momento de crise econômica mundial, o Brasil tem a oportunidade de repensar a estratégia de desenvolvimento como forma de dar continuidade às conquistas que vêm sendo construídas nos últimos anos.
“A construção desta nova estratégia de desenvolvimento passa, necessariamente, pelos movimentos sociais, que são a força da mudança em direção a um mundo mais justo e sustentável”,

Para se chegar a essa construção, observou o deputado, é necessário que todos colaborem para construir esta estratégia de desenvolvimento baseada na superação do consumismo e, ao mesmo tempo, que atenda à grande demanda da população brasileira por qualidade de vida.

“Isso significa reconhecer que a satisfação pessoal mais duradoura está menos relacionada com o consumo, e mais com os ambientes saudáveis, com vínculos sociais em comunidades fortes, e com a ampliação das capacidades e das liberdades individuais”, afirmou.

Benildes Rodrigues

Foto: Gustavo Bezerra
Mais fotos: www.flickr.com/photos/ptnacamara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Bolsonaro vai diminuir lista de doenças que dão direito a benefícios no INSS, denuncia Frei Anastácio

O deputado federal Frei Anastácio (PT-PB) denuncia que Bolsonaro prepara mais um ataque co…