Home Portal Notícias Pronatec Campo oferece vagas para 695 cursos

Pronatec Campo oferece vagas para 695 cursos

3 min read
0

Pronatec Campo

Conhecer as capacidades produtivas e gerenciais no campo com ampla oferta de cursos para os diferentes públicos do meio rural. Este é o principal objetivo do Pronatec Campo que, neste segundo semestre de 2015, oferece 15.930 vagas para 695 cursos de educação profissional e tecnológica.

Do total, 12.635 vagas são destinadas a 545 cursos que compõem o eixo Recursos Naturais, como agricultura orgânica e de base agroecológica; 1.180 vagas são para cursos voltados para o desenvolvimento cooperativista e o planejamento, promoção e controle de produção; e 1.580 vagas para 77 cursos no eixo Produção Alimentícia.

O público-alvo são agricultores e agricultoras familiares, jovens, povos e comunidades tradicionais, assalariados e assentados da reforma agrária. A metodologia do Programa intercala um período de convivência na sala de aula com outro no campo.

Os Institutos Federais, as escolas vinculadas às universidades federais, redes estaduais e Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefet) oferecem os cursos em todo o País.

A iniciativa integra o Programa Nacional de Educação no Campo (Pronacampo), do Ministério da Educação (MEC), e faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). As vagas são ofertadas pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), com apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Os interessados devem procurar as delegacias do MDA para se informar sobre os cursos disponíveis no seu estado e verificar a possibilidade de vaga para o semestre. As delegacias fazem a pré-matrícula. Os alunos terão até sete dias para ir à instituição de ensino e confirmar a matrícula.

assessoria do MDA

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Líder do PT denuncia política econômica genocida e defende impeachment de Bolsonaro

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), qualificou hoje (9) como “genocida” a política e…