Home Portal Notícias José Airton rebate “ousadia” tucana: “não têm moral para falar do governo”

José Airton rebate “ousadia” tucana: “não têm moral para falar do governo”

3 min read
0

JAirtonTribuna Gushta

O deputado José Airton Cirilo (PT-CE), em discurso na tribuna durante a semana, ressaltou a postura contraditória de parlamentares tucanos que atualmente fazem questão de esquecer um passado recente, quando Fernando Henrique Cardoso ocupava a Presidência da República, e mergulhou o Brasil numa crise, levando o País a quebrar três vezes e a recorrer a empréstimos internacionais para saldar compromissos.

“Eles se esquecem, por exemplo, que, na época de Fernando Henrique Cardoso, em 1999 – falo isso para refrescar a memória dos tucanos, que parecem ter memória curta –, nunca houve tanta balbúrdia, ou seja, tanta movimentação contra um governo”, argumentou José Airton, ao rebater a ousadia tucana de pedir hoje o fim do governo Dilma.

O deputado destacou que, naquela época, a inflação, que era de 1,78%, passou para 20%. “No momento em que a desvalorização não coordenada do Real se elevava, em pouco tempo, a cotação do dólar, que era de 1,32, passou para 2,16, para não falar das reservas internacionais que haviam exaurido”, detalhou.

O petista completou ainda que naquela ocasião – da desvalorização cambial em janeiro de 1999 – o Banco Central teve três presidentes no período de um mês e que um deles chegou a ser preso. “Ficou evidente que o governo tinha amigos no mercado financeiro, pois alguns bancos e corretores receberam informações privilegiadas”, disse o deputado. “Portanto, eles não têm moral nem autoridade para falar deste governo”, finalizou.

PT na Câmara 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Núcleo Agrário do PT defende votar com urgência projetos para socorrer agricultores familiares

Com o pedido de urgência aprovado, a Bancada do PT na Câmara – juntamente com o Núcl…