Home Portal Notícias Governo celebra dois anos do Mais Médicos nesta terça; usuários aprovam programa

Governo celebra dois anos do Mais Médicos nesta terça; usuários aprovam programa

7 min read
0

sibabancada

O governo Dilma realiza cerimônia de celebração dos dois anos do Programa Mais Médico nesta terça-feira (4), às 11h, no Palácio do Planalto. “Não há cidade brasileira sem ao menos um médico para atender a população”, afirmou o ministro da Saúde, Arthur Chioro, destacando que o Mais Médico garante assistência à saúde de 63 milhões de pessoas. No total, são 18.240 médicos em 4.058 municípios (72,8% das cidades brasileiras) e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas.

“Tivemos uma brutal ampliação do acesso à saúde, em particular da população que mais precisa do Sistema Único de Saúde (SUS), a parcela mais pobre, mais afetada pela desigualdade social”, enfatizou Chioro, que apresentará um balanço desses dois anos de programa. Durante a cerimônia, o governo também anunciará novas ações para o setor.

O líder do PT na Câmara, deputado Sibá Machado (AC), destacou a importância do Programa Mais Médicos para o País. “Em dois anos tivemos um avanço imenso no sistema de saúde pública no Brasil, com a democratização e descentralização do acesso aos serviços. Hoje, são mais de 63 milhões de habitantes beneficiados. É uma verdadeira revolução silenciosa nas pequenas cidades e nas periferias de grandes centros urbanos”, afirmou.

Sibá Machado criticou a postura da oposição conservadora e de grupos elitistas que tentam acabar com o Mais  Médicos. Ele citou líderes do PSDB no Senado que apresentaram um projeto de decreto legislativo (PDS 33/15), para anular o convênio entre o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), braço da Organização Mundial de Saúde (OMS). Na prática, a ação dos tucanos impede a atuação dos 11. 487 médicos cubanos que participam do programa. “É um preconceito hediondo do PSDB contra as camadas mais pobres da população brasileira”, afirmou.

Apesar da tentativa tucana, Sibá Machado disse que o partido vai lutar para derrubar a proposta e assegurar o direito à saúde para a população mais carente do País. “Vamos lutar para derrubar essa proposta elitista e preconceituosa do PSDB. É direito da população ter acesso à saúde, seja por meio do atendimento feito por médicos cubanos ou de qualquer outra nacionalidade que queiram trabalhar no Brasil, principalmente nas localidades mais distantes e carentes”, destacou.

Avaliação – O programa Mais Médicos é muito bem avaliado pela população que usa o serviço. Levantamento mostra que 54% dos usuários entrevistados dão nota 10 ao Mais Médicos. Na média, os usuários dão nota nove ao programa. É o que aponta pesquisa feita pelo Grupo de Opinião Pública da Universidade Federal de Minas Gerais. Comparando com o período anterior à chegada dos médicos do programa, 84% acham que o atendimento melhorou muito, 83% apontam melhora na duração da consulta e 81% acreditam que o profissional conhece mais os problemas de saúde do que os médicos anteriores.

Equipe PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lactantes pela Vacina: duas vidas salvas

Por Alexandre Padilha   No início do mês de maio soube pelas redes sociais do movimen…