Home Portal Notícias Assis do Couto participa de audiência pública sobre Educação no Campo brasileiro

Assis do Couto participa de audiência pública sobre Educação no Campo brasileiro

5 min read
0
assis2
 
O deputado Assis do Couto (PT-PR) participou nesta quinta-feira (18), de uma audiência pública que debateu o futuro da Educação no Campo no Brasil, focando o trabalho dos Centros de Formação por Alternância. No sul, esta modalidade é praticada pelas Casas Familiares Rurais. Além do deputado, representantes do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário), da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), e da Unefab (União Nacional das Escolas Famílias Agrícolas do Brasil) participaram da audiência.
 
Duas comissões da Câmara dos Deputados se uniram para a audiência pública. A Comissão de Educação e a de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Ao decorrer dos debates, o deputado Assis falou sobre seu envolvimento e trabalho pelo desenvolvimento na educação do campo, principalmente na região sudoeste do Paraná.
 
“Eu fui presidente da associação de agricultores criada em 1996, formada pro padres belgas que trouxeram para nossa região as Casas Familiares Rurais (CFR), lá no Sudoeste do Paraná. Fui relator de uma Medida Provisória, em 2011, no primeiro ano do mandato da presidenta Dilma, sobre o combate a pobreza rural. Fui relator dessa MP que virou a Lei 12.512 (Lei de Combate a Pobreza Rural). Estive no maranhão com o Deputado Zé Carlos, estive no Piauí, e lá vimos experiências fantásticas”, discorreu o deputado.
 
Ele ponderou que, apesar de tanta luta e conquistas no passado, hoje as Casas Familiares Rurais sofrem para se manter, sem ajuda dos governos, no Estado do Paraná. Na última semana, o deputado recebeu no escritório estadual professores das CFRs que relataram as dificuldades enfrentadas pelas instituições.
 
“Lamento muito que no Paraná, por exemplo, tínhamos um convênio com o Estado e que hoje estão praticamente fechando as Casas Familiares Rurais. E o meu sentimento não é só do Paraná. O País está sofrendo muito por falta de uma política pública de incentivo às Casas Familiares Rurais e às Escolas Familias Agrícolas (EFA), que desenvolvem uma pedagogia da alternância. Infelizmente eu sinto essa tristeza depois de tantos anos aqui nessa casa”, lastimou o deputado.
 
Mais recursos – Durante a audiência pública, representantes das escolas pediram mais recursos para o governo federal para evitar que crianças fiquem fora das salas de aula por causa de problemas orçamentário e de gestão nas escolas. Como resposta, o MEC (Ministério da Educação) sugeriu que as escolas busquem parcerias com as prefeituras.
 
Assessoria Parlamentar
Foto: Assessoria Parlamentar
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Contrariando Bolsonaro, ministro da Saúde nega guerra química e recomenda isolamento

Ministro Marcelo Queiroga evita entrar em conflito com Bolsonaro na questão da cloroquina,…