Home Portal Notícias Seguidores dos “Revoltados Online” fazem ameaças de morte a parlamentares petistas

Seguidores dos “Revoltados Online” fazem ameaças de morte a parlamentares petistas

5 min read
0

crimes odio
Dezenas de seguidores do grupo “Revoltados Online” espalharam, na sexta-feira (29), mensagens de ódio e ameaças de morte ao deputado Paulo Pimenta (PT-RS) e a outros parlamentares petistas em suas páginas no Facebook e no Twitter. As incitações de ódio e violência dirigidas ao deputado gaúcho ocorrem porque Pimenta tem desmascarado o “modus operandi” do grupo liderado pelo ativista Marcello Reis, que na quinta-feira (28) causou tumulto para interromper uma coletiva de imprensa de parlamentares do PT e do PSol sobre reforma política, no Salão Verde da Câmara, e prejudicou o trabalho de dezenas de jornalistas que participavam da atividade.

Na ocasião, um integrante do grupo que tentava se passar por jornalista e, após disparar ofensas e xingamentos contra os parlamentares petistas, foi retirado do local pela Polícia Legislativa, já que não possuía credencial nem autorização temporária para atuar como jornalista. Na página dos “Revoltados Online” no Facebook, um vídeo editado tenta apresentar o grupo como vítima de uma ação do PT.

Indignados, os seguidores de Marcelo Reis dirigiram seu ódio contra petistas, especialmente contra o deputado Pimenta e a deputada Maria do Rosário. Um dos seguidores ameaçou Pimenta dizendo que “seu dia vai chegar, te prepara”. Outro internauta prometeu “se fosse comigo, eu te espancava”, enquanto o perfil de Leonardo de Oliveira Alves, apagado da rede assim que foi denunciado, afirmou que mataria Pimenta se pudesse.

Ameaças serão denunciadas à PF – Pimenta informou que mais uma vez irá solicitar que a Polícia Federal apure os casos para identificar os responsáveis pelas ameaças. “Além dos crimes contra a honra – calúnia, difamação e injúria – estamos diante do crime de ameaça e, possivelmente, do crime de falsa identidade, já que muitos se escondem atrás de perfis falsos na internet. Mas a Polícia Federal tem condições técnicas de identificar esses criminosos”, assegurou o deputado gaúcho.

Essa não será a primeira vez que o deputado denuncia o Revoltados Online à Polícia Federal. Em 2013, o grupo divulgou a notícia falsa de que o deputado Pimenta era o dono da boate Kiss, na cidade de Santa Maria, marcada pelo incêndio que vitimou fatalmente 242 pessoas.

PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 576 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 576 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba – 19/9/2…