Home Portal Notícias Bolsa Família assegura 14,5 milhões de estudantes em sala de aula

Bolsa Família assegura 14,5 milhões de estudantes em sala de aula

6 min read
0

MDS

FOTO: SITE MDS

Cerca de 14,5 milhões de crianças e adolescentes beneficiários do Bolsa Família cumpriram a frequência escolar mínima exigida pelo programa nos meses de fevereiro e março deste ano. O resultado representa 96,5% dos mais de 15 milhões de alunos que foram acompanhados no período. Na região Norte, 98,1% dos alunos acompanhados cumpriram as condicionalidades de educação, o melhor resultado entre as regiões.

No Nordeste, região onde se concentra a maior quantidade de beneficiários para acompanhamento, 97,7% dos estudantes cumpriram a frequência escolar, seguido pelas regiões Centro-Oeste e Sul com 95,4% e Sudeste com 94,1%.

Para a deputada Benedita da Silva (PT-RJ), o resultado é animador e revela a amplitude dos resultados do programa, que não se restringem à transferência de renda pura e simples. “O programa tem impactos em outros aspectos da vida das famílias beneficiadas, entre eles, reduzir consideravelmente a evasão e elevar o rendimento escolar de crianças e adolescentes. Destaco ainda, de maneira particular, a redução da evasão escolar da população negra, que é majoritária entre as pessoas de renda mais baixa. O Bolsa Família é realmente uma inciativa que, além de combater a miséria e a fome, gera oportunidades”, detalhou a deputada.

Segundo Marcos Maia, coordenador-geral de Acompanhamento das Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento Social, é muito importante para o Programa Bolsa Família e para a educação que os municípios informem a frequência dos alunos. “Ao acompanharem a trajetória escolar dos alunos, os municípios estão enfrentando a situação de vulnerabilidade social e educacional, rompendo um ciclo de gerações da pobreza”, afirma.

Compromisso – Para continuar recebendo o benefício, as famílias assumem com o estado o compromisso de manter as crianças e os adolescentes entre seis e 17 anos devidamente matriculados em escolas. Além disso, os estudantes de seis a 15 anos devem cumprir uma frequência escolar mensal mínima de 85% da carga horária, e os jovens de 16 e 17 anos devem ter frequência de, no mínimo, 75%.

Outra condicionante é manter a carteira de vacinação de crianças de até seis anos em dia e fazer o acompanhamento de saúde. Gestantes também precisam estar com o pré-natal em dia. As famílias com dificuldade em cumprir as condicionalidades podem ter seus benefícios bloqueados e suspensos. Os cancelamentos, porém, só ocorrem em último caso.

As famílias devem ainda manter atualizadas as informações no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, principalmente em situações de mudança de escola. O poder público também tem compromissos: garantir a oferta do serviço educacional à população e acompanhar, por meio da rede de assistência social, as famílias em contextos mais vulneráveis.

PT na Câmara com Ministério do Desenvolvimento Social

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Guimarães quer impedir suspensão da Lei Rouanet em cidades com lockdown

O líder da Minoria na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), protocolou, nessa sext…