Home Portal Notícias Monteiro elogia acordo com professores em Minas que garante piso salarial e recuperação de direitos

Monteiro elogia acordo com professores em Minas que garante piso salarial e recuperação de direitos

4 min read
0

LM

O deputado Leonardo Monteiro (PT-MG) elogiou, em discurso na Câmara, o acordo realizado entre o Governo de Minas Gerais, que tem à frente o governador Fernando Pimentel (PT) e os educadores do Estado. O acordo foi assinado na sexta-feira (15) e possibilitou que fosse estabelecido o Piso Nacional Profissional de salário dos profissionais da educação em Minas, a extinção do regime de subsídio e o descongelamento das carreiras, com isonomia de tratamento para todas as carreiras de educação entre servidores, ativos e aposentados.
“É um acordo histórico, que garante o piso nacional de salário dos funcionários de educação em Minas Gerais, que recupera vários direitos que os trabalhadores tinham perdido”, enfatizou Leonardo Monteiro.

Ele parabenizou a “capacidade de negociação do sindicato, Sind-UTE, e a sensibilidade do Governador Fernando Pimentel pela negociação”, afirmou. “Com diálogo, transparência, sensibilidade e vontade política, o acordo é fruto de um imenso esforço do governo para valorizar os servidores da educação, reafirmando os compromissos assumidos com a sociedade e construindo as bases para o aprimoramento das políticas educacionais, com a efetiva participação dos pais e alunos, trabalhadores e Governo”.
Pelo acordo realizado em Minas será concedido reajuste de 31,78% na carreira do professor de Educação Básica, a ser pago em dois anos, ficando assegurado o pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional para uma carga horária de 24 horas semanais. O reajuste será implementado em três parcelas que serão incorporadas ao salário.

Monteiro citou ainda outros avanços em Minas, como a garantia de acesso à alimentação escolar para todos os trabalhadores nas escolas, o fim do passivo de aposentadoria ainda nesse governo, anistia dos períodos de greve de 2011 a 2014 e a realização de eleições para direção de escola até dezembro de 2015.

(PT na Câmara)

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Renda dos trabalhadores cai 20% e inflação de alimentos aumenta

Completa ausência de medidas da área econômica do governo eleva preços de produtos como ól…