Home Portal Notícias Bancada do PT repudia violência da polícia de Beto Richa contra professores no Paraná

Bancada do PT repudia violência da polícia de Beto Richa contra professores no Paraná

4 min read
0

violencia parana
Em nota, a Bancada do PT na Câmara “repudia enfaticamente” a violência “injustificável e inaceitável” da Polícia Militar do Paraná, nesta quarta-feira (29), contra professores e manifestantes que protestavam pacificamente em Curitiba (PR).

O texto registra “perplexidade” diante das cenas de violência que ocorrem às véspera do Dia do Trabalhador. Confira a íntegra da nota.

NOTA DE REPÚDIO

A Bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados repudia enfaticamente a violência injustificável e inaceitável da Polícia Militar do governo do Paraná, nesta quarta-feira (29), contra profissionais da educação que exerciam pacificamente o seu direito constitucional de manifestação política nas ruas de Curitiba.

Lamentamos profundamente que, até o momento, mais de 150 pessoas tenham ficado feridas – várias em estado grave – em função da ação repressiva da PM e manifestamos nossa solidariedade a estas pessoas e a suas famílias.

Causa-nos perplexidade que tais cenas de violência venham à tona justamente às vésperas do 1º de maio, quando se comemora do Dia do Trabalhador, momento em que são celebradas as conquistas da classe trabalhadora e em que é reafirmada a legitimidade da sua luta.

Esperamos que o governador Beto Richa (PSDB) determine a suspensão imediata do uso da força por parte da Polícia Militar e que abra canais de diálogo com a sociedade para que episódios como o de hoje não voltem a ocorrer.

Ademais, propomos que a Câmara dos Deputados crie uma comissão externa – que atue em conjunto com a Comissão de Direitos Humanos e Minorias desta Casa – para investigar in loco os gravíssimos fatos ocorridos na capital paranaense nesta quarta-feira.

Deputado Sibá Machado
Líder do PT na Câmara

Brasília, DF, 29 de abril de 2015.

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Padilha e Falcão: com saúde em dia, Lula segue na luta para ‘curar’ o País

Enquanto acompanhava com ceticismo o julgamento no Supremo Tribunal Federal de três Ações …