Home Portal Notícias Relatório da Comissão da Verdade fortalece a democracia, destaca Dilma

Relatório da Comissão da Verdade fortalece a democracia, destaca Dilma

4 min read
0
Comissaodaverdade
Foto: Roberto Stuckert Filho
 
A Comissão Nacional da Verdade (CNV) apresentou, nesta quarta-feira (10), Dia Internacional dos Direitos Humanos, o seu relatório final após dois anos e meio de trabalho. A presidenta Dilma Rousseff destacou que o trabalho da CNV contribui para o aperfeiçoamento da democracia. Dilma se emocionou em pelo menos dois momentos e chegou a interromper o discurso para conter as lágrimas, no que foi aplaudida pelo público, composto por autoridades do governo, parlamentares, militantes de direitos humanos e familiares de mortos e desaparecidos da ditadura militar encerrada em 1985.
 
“Tornar público este relatório nesta data é um tributo a todas as mulheres e homens do mundo que lutaram pela liberdade, pela democracia e, com essa luta, ajudaram a construir marcos civilizatórios e tornaram a humanidade melhor”, afirmou a presidenta.
 
“Nós que amamos a democracia esperamos que a divulgação deste relatório permita reafirmar a prioridade que devemos dar às liberdades democráticas”, ressaltou Dilma.
 
A chefe de Estado manifestou “caloroso agradecimento aos familiares dos mortos e desaparecidos” e lamentou o fato de que, sem informações oficiais sobre o paradeiro de seus entes queridos, as famílias “continuam sofrendo como se seus familiares morressem a cada dia”.
 
O trabalho da Comissão, avaliou a presidenta, “fez crescer a possibilidade do Brasil ter um futuro plenamente democrático e livre de ameaças autoritárias” e crê que a sociedade brasileira “saberá reconhecer a importância deste trabalho, que torna nossa democracia ainda mais forte”.
 
Dilma também fez questão de rechaçar qualquer possibilidade de revanchismo com o trabalho da CNV. “A verdade não significa a busca de revanche. A verdade não precisa ser motivo para ódio ou acerto de contas. A verdade produz consciência, aprendizado, conhecimento e respeito. A verdade significa a oportunidade de apaziguar cada indivíduo consigo mesmo e um povo com a sua história. A verdade é uma homenagem a um Brasil que já trilha três décadas de um caminho democrático”, enfatizou a presidenta.
 
No período da tarde, os integrantes da CNV entregarão o relatório aos presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados.
 
Rogério Tomaz Jr. 
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Contrariando Bolsonaro, ministro da Saúde nega guerra química e recomenda isolamento

Ministro Marcelo Queiroga evita entrar em conflito com Bolsonaro na questão da cloroquina,…