Home Portal Notícias Comitê emite parecer sobre obras com indícios de irregularidades

Comitê emite parecer sobre obras com indícios de irregularidades

5 min read
0

Devanir25032014

O Comitê de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços com Indícios de Irregularidades Graves (COI), ligada à Comissão Mista de Orçamento (CMO), deu parecer nesta terça-feira (4) à atualização feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) à lista de obras com indícios de irregularidades graves que constam na Lei Orçamentária Anual que está vigendo em 2014. A atualização do TCU elenca quinze obras e serviços, entre as quais quatro estão classificadas com indícios de irregularidades graves, com recomendação de paralisação.

Em seu parecer, o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) decidiu recomendar a retirada de duas delas do anexo VI da LOA-2014, que trata das obras com indícios de irregularidades graves. São elas: as obras do sistema de esgotamento sanitário do município de Pilar, em Alagoas; e a construção da Av. Marginal Leste para controle de enchentes do Rio Poty, no Piauí.

Com relação às outras duas obras (implantação e pavimentação da BR-448, no Rio Grande do Sul, e a construção da Vila Olímpica de Parnaíba, no Piauí), os membros do COI decidiram manter o entendimento anterior do comitê definido durante as discussões do projeto de LOA-2014, no ano passado. Ou seja, permanece a avaliação segundo a qual os indícios de irregularidades graves apontados pelo TCU não foram suficientes para justificar o bloqueio da execução física, orçamentária e financeira ou mesmo para manter paralisados os empreendimentos.

“Nessa reunião foram tratadas apenas questões de adequação da LOA 2014, do exercício vigente. Acerca das obras para 2015, vamos aguardar o novo relatório do TCU”, afirmou o coordenador do COI, Valdir Raupp. A previsão é que o relatório seja enviado ao Congresso Nacional no dia 17 próximo. Sobre um possível atraso no cronograma de avaliação das obras que serão listadas pelo TCU, o senador disse estar preparado para concluir o trabalho até o fim do ano. “Do que depender de mim, desse comitê e, creio que também, da CMO, deveremos aprovar todos os projetos necessário, inclusive a Lei Orçamentária Anual do próximo ano”, disse.

Agenda – A CMO, presidida pelo deputado Devanir Ribeiro (PT-SP), marcou duas reuniões para esta quarta-feira (5). Às 14h, o Colegiado de Líderes se reúne na presidência da própria comissão, para tratar, entre outros pontos, de construir um consenso para a aprovação do relatório preliminar ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (PLN 3/14), de autoria do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Às 14h30, está marcada reunião extraordinária, no plenário da comissão. Um dos pontos da pauta é justamente o relatório preliminar. Das 14 emendas apresentadas ao projeto, o relator ofereceu voto pela aprovação, na íntegra, de quatro delas e pela aprovação parcial de outras cinco. As demais foram rejeitadas.

PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lava Jato jogou no desemprego 4,4 milhões de trabalhadores, afirma CUT

A Operação Lava Jato, comandada pela turma do Paraná, chefiada pelo ex-juiz Sérgio Moro e …