Home Portal Notícias Para petistas, Dilma mostrou na ONU que Brasil é “referência para o mundo”

Para petistas, Dilma mostrou na ONU que Brasil é “referência para o mundo”

6 min read
0

DilmaRousseffONU

Foto: Roberto Stuckert Filho

Parlamentares petistas na Câmara elogiaram o pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, nesta terça-feira (23), durante a Cúpula do Clima das Nações Unidas, em Nova York, evento do qual participam mais de 120 países. Para o deputado Leonardo Monteiro (PT-MG) e a deputada Maria do Rosário (PT-RS), “o Brasil tem o que mostrar” em matéria de desenvolvimento sustentável e o discurso da presidenta Dilma reafirmou e demonstrou isso.

A mandatária brasileira defendeu a reversão da lógica de que combater as mudanças climáticas é danoso à economia. “A redução das emissões e ações de adaptação devem ser reconhecidas como fonte de riqueza, de modo a atrair investimentos e lastrear novas ações de desenvolvimento sustentável”, propôs Dilma.

Além disso, a presidenta afirmou que os países em desenvolvimento não renunciarão ao imperativo de reduzir as desigualdades e elevar o padrão de vida de suas populações. “Temos igual direito ao bem-estar. E estamos provando que um modelo socialmente justo e ambientalmente sustentável é possível. O Brasil é exemplo disso”, disse Dilma.

Na opinião de Leonardo Monteiro, o pronunciamento “com muita desenvoltura” da presidenta reafirmou a experiência do Brasil, “que serve de referência” para o mundo. “O Brasil cresce e se desenvolve com sustentabilidade, cuidando do seu meio ambiente. Temos conseguido nos desenvolver sem comprometer o nosso futuro e, ao mesmo tempo, tornando a população cada vez mais consciente da importância da dimensão socioambiental”, avalia Monteiro, que integra a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara.

Para Maria do Rosário, o discurso da presidenta Dilma “é coerente com o trabalho realizado no País” e é “exemplo para o mundo” de desenvolvimento com sustentabilidade. “O principal indicador disso é que a matriz energética brasileira é majoritariamente baseada em fontes limpas, com a energia hidrelétrica. E a nossa legislação é a mais cuidadosa do mundo no manejo e preservação de florestas, na instalação de grandes empreendimentos. Portanto, o Brasil se expressa através da presidenta Dilma com a tranquilidade de quem faz a sua parte, mas é fundamental que os países desenvolvidos façam também a sua parte para que cheguemos ao equilíbrio”, cobrou a parlamentar gaúcha.

Na abertura da Cúpula, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu aos líderes mundiais o estabelecimento de “um novo rumo” diante dos perigos do aquecimento global. “A mudança climática é a questão crucial de nossa era. Está definindo nosso presente. Nossa resposta definirá nosso futuro”, afirmou Ban Ki-moon.

Mais informações sobre o evento:

http://www.un.org/climatechange/summit/

Rogério Tomaz Jr.

Foto: Amanda Voisard/ONU

 Ouça o Deputado Dr Rosinha na Rádio PT

” bg=”dd1a22″ leftbg=”dd1a22″ lefticon=”294781″ track=”ff1b2c” tracker=”ffff00″ text=”000000″ righticon=”294781″ width=”300″ rightbg=”408080″ volslider=”ffffff” skip=”ffffff”]” bg=”dd1a22″ leftbg=”dd1a22″ lefticon=”294781″ track=”ff1b2c” tracker=”ffff00″ text=”000000″ righticon=”294781″ width=”300″ rightbg=”408080″ volslider=”ffffff” skip=”ffffff”]   

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PIB cai 1,5% e fracasso, enfim, sobe à cabeça de Guedes

Ministro da Economia admite agora que economia brasileira não vinha bem. “A impressão que …