Home Portal Notícias Tombini afirma que inflação está sob controle e desemprego apresenta menor nível

Tombini afirma que inflação está sob controle e desemprego apresenta menor nível

5 min read
0
tombinosenado
Foto: Pedro França/Agência Senado
 
O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, descartou nesta terça-feira (5) o risco de o Brasil entrar em processo conhecido como estagflação, que combina inflação alta com redução da atividade econômica e aumento do desemprego. Segundo ele, o Brasil passa por fenômeno caracterizado pela queda dos índices gerais de preços ao consumidor e, principalmente, no atacado.
 
Durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, Tombini lembrou que houve deflação nos últimos três meses no atacado, “o que sugere que a inflação ao consumidor tende a permanecer bem comportada nos meses à frente”.
O presidente do Banco Central acrescentou que, apesar de a variação acumulada do Índice Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos 12 meses estar em 6,52%, acima do teto da meta (6,5%), não há descontrole na inflação e questionou a própria existência de uma crise, como tem sido alardeado por alguns setores.
 
“Que crise é essa se estamos no menor nível de desemprego na economia brasileira de todos os tempos? Que crise é essa em que a inflação está sob controle?”, questionou Alexandre Tombini.
 
Tombini apontou ainda que a inflação permanece elevada no acumulado em 12 meses como “reflexo do realinhamento dos preços relativos”, como o que ocorre entre os preços administrados e os livres na economia. No médio prazo, segundo ele, “essas pressões tendem a arrefecer e até mesmo a se esgotar”.
 
O preço absoluto é a quantidade em moeda necessária para sua aquisição de um determinado bem. Já o preço relativo é obtido pelo quociente entre os preços absolutos de dois ou mais bens.
 
O presidente do BC explicou que a inflação média, desde o início do Plano Real, é de 0,52% ao mês e, nos últimos 42 meses, situou-se em 0,51%.
 
Alexandre Tombini esclareceu que a revisão do crescimento tem sido mais norma do que exceção nas principais economias do G-20. Nesta semana, pela 10ª vez seguida, a pesquisa Focus, em que são ouvidas mais de 100 instituições financeiras, reduziu a previsão de crescimento do País em 2014, agora de 0,90% para 0,86%.
 
Pouco antes, em sua apresentação aos senadores, Tombini havia atribuído à demora no restabelecimento dos “espíritos animais” dos empreendedores a lentidão na retomada das economias globais. Animal spirits foi um termo usado pelo economista britânico John Maynard Keynes, em 1936, para descrever emoções que embasam a confiança no mercado.
 
Tombini enfatizou que o BC trabalha para manter a previsibilidade da economia, tentando aperfeiçoar sua comunicação com a sociedade. Para deslanchar os investimentos privados, ele defendeu melhoria da infraestrutura e da qualificação do mercado de trabalho.
 
A reunião no Senado cumpre determinação do Regimento Interno do Senado para que a CAE realize, a cada três meses, audiência pública com o presidente do BC, para acompanhamento da política monetária. A reunião anterior foi realizada em março deste ano.
 
Fonte: Portal Brasil com informações da Agência Senado
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT reforça movimento ‘Fora Bolsonaro’, em dia de protesto

O PT vai mobilizar todos os militantes e dirigentes da legenda e convoca a sociedade ao pr…