Home Portal Notícias BNDES destina recursos para projetos de saneamento em quatro estados

BNDES destina recursos para projetos de saneamento em quatro estados

3 min read
0

sanea

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje (30) a aprovação de financiamentos de R$ 550,5 milhões para projetos de saneamento nos estados de São Paulo, do Amazonas, Paraná e Rio Grande do Sul.  As obras vão  beneficiar cerca de 1,36 milhão de pessoas.

 O empréstimo de maior valor (R$ 286,7 milhões) será concedido à Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que vai investir na ampliação dos sistemas de abastecimento de água de sete municípios e expansão das redes de esgoto em duas cidades, beneficiando 1,05 milhão de habitantes. As obras devem gerar 6,3 mil empregos indiretos até 2017, quando serão concluídas.

 O processo de modernização e expansão dos sistemas de água e esgoto de Manaus, no Amazonas, terá R$ 178,9 milhões, provenientes do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), destinados à companhia Manaus Ambiental. O projeto deve ser concluído em junho de 2015 e, segundo o BNDES, as obras contribuirão para a despoluição da bacia hidrográfica que abastece a capital, além de reduzir o custo de tratamento de água e a descontaminação do solo e lençol freático, ao mesmo tempo em que previne e diminui a probabilidade de enchentes e vazamentos.

 Para a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foram aprovados R$ 61,1 milhões da Linha de Saneamento Ambiental para a ampliação do sistema de abastecimento de água de Santana do Parnaíba, com implantação de adutora, reservatório e redes de distribuição.

 O estado do Rio Grande do Sul será atendido com R$ 23,7 para a ampliação dos sistemas de abastecimento de água da zona centro-norte da cidade de Caxias do Sul, por meio da implantação de reservatório e adutoras. O término das obras está previsto para julho de 2016.

Equipe PT na Câmara com Agências

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lactantes pela Vacina: duas vidas salvas

Por Alexandre Padilha   No início do mês de maio soube pelas redes sociais do movimen…