Home Portal Notícias BNDES destina recursos para projetos de saneamento em quatro estados

BNDES destina recursos para projetos de saneamento em quatro estados

3 min read
0

sanea

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje (30) a aprovação de financiamentos de R$ 550,5 milhões para projetos de saneamento nos estados de São Paulo, do Amazonas, Paraná e Rio Grande do Sul.  As obras vão  beneficiar cerca de 1,36 milhão de pessoas.

 O empréstimo de maior valor (R$ 286,7 milhões) será concedido à Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que vai investir na ampliação dos sistemas de abastecimento de água de sete municípios e expansão das redes de esgoto em duas cidades, beneficiando 1,05 milhão de habitantes. As obras devem gerar 6,3 mil empregos indiretos até 2017, quando serão concluídas.

 O processo de modernização e expansão dos sistemas de água e esgoto de Manaus, no Amazonas, terá R$ 178,9 milhões, provenientes do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), destinados à companhia Manaus Ambiental. O projeto deve ser concluído em junho de 2015 e, segundo o BNDES, as obras contribuirão para a despoluição da bacia hidrográfica que abastece a capital, além de reduzir o custo de tratamento de água e a descontaminação do solo e lençol freático, ao mesmo tempo em que previne e diminui a probabilidade de enchentes e vazamentos.

 Para a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foram aprovados R$ 61,1 milhões da Linha de Saneamento Ambiental para a ampliação do sistema de abastecimento de água de Santana do Parnaíba, com implantação de adutora, reservatório e redes de distribuição.

 O estado do Rio Grande do Sul será atendido com R$ 23,7 para a ampliação dos sistemas de abastecimento de água da zona centro-norte da cidade de Caxias do Sul, por meio da implantação de reservatório e adutoras. O término das obras está previsto para julho de 2016.

Equipe PT na Câmara com Agências

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Presidente da CDHM solicita ao ministro da Saúde que garanta tratamento para crianças com doenças degenerativas graves

A Atrofia Muscular Espinhal atinge 8 mil pacientes no Brasil e presidente CDHM recebe denú…