Home Portal Notícias Graça Foster reafirma que compra de Pasadena foi bom negócio para cenário de 2006

Graça Foster reafirma que compra de Pasadena foi bom negócio para cenário de 2006

4 min read
0

Graca

Foto: Gustavo Bezerra

A presidente da Petrobras, Graça Foster voltou a afirmar nesta terça-feira (27), para integrantes da CPI do Senado que investiga supostas irregularidades na compra da refinaria de Pasadena (Texas), que a aquisição da refinaria foi uma decisão do colegiado e se deu em sintonia com o planejamento estratégico da empresa. Ela reafirmou também que o entendimento, em 2006, foi a de que a transação era um “bom” negócio.

“Naquele momento os analistas deram parecer bastante favorável e, com o que o Conselho dispunha de conhecimento e com as informações que a diretoria levou, fizemos um bom negócio. Assim entendeu a Diretoria, o Conselho e os analistas”, argumentou Graça Foster.

No entanto, ela reafirmou que dentro do cenário petrolífero atual, o negócio originalmente concebido transformou-se em um empreendimento de baixo retorno sobre o capital investido.

“Num futuro próximo é possível que haja melhorias, mas hoje, com a decisão do refino no Brasil, com a descoberta do pré-sal e com um mercado interno crescente, não é mais prioridade. Mas, lá atrás, em 2006, foi considerado [um negócio] potencialmente bom”, reafirmou.

Graça Foster voltou a dizer que as demandas do mercado petrolífero brasileiro, apontadas no planejamento estratégico de 1999 e depois, em 2004, em três de suas revisões, definia como objetivo a expansão do refino no exterior. Ela frisou que a decisão por Pasadena se deu em virtude de a mesma estar inserida no maior centro de movimentação de petróleo e de derivados do mundo.

Requerimentos – Nesta terça-feira os integrantes da CPI aprovaram o requerimento do senador Humberto Costa (PT-PE) em que convoca o ex-diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras, Paulo Roberto Costa. O ex-diretor foi preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, deflagrada em março. A operação prendeu 13 pessoas, entre elas, o doleiro Alberto Youssef.

O colegiado aprovou, também, a convocação do gerente de Implementação de Empreendimentos de Unidades Estacionárias de Produção da Petrobras, Altamiro da Motta Ferreira Filho.

Documentos – A comissão decidiu requerer junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) cópias de processos que tratam da troca de ativos entre a Petrobras e a Repsol YPF, no caso da Refinaria de Bahía Blanca. Além disso, o colegiado decidiu solicitar ao STF e à 13ª Vara Federal de Curitiba toda a documentação sobre a Operação Lava Jato.

Benildes Rodrigues

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Gleisi avalia eleições: “PT e esquerdas precisam se fortalecer para enfrentar o que vem por aí” 

Em entrevista concedida ao cientista político Alberto Carlos Almeida, a presidenta naciona…