Home Portal Notícias Vicentinho mostra avanços do País com o PT e repele mentiras da oposição

Vicentinho mostra avanços do País com o PT e repele mentiras da oposição

10 min read
0
vicentinhopt1
Foto: Salu Parente
 
O líder do PT na Câmara, Vicentinho (SP) , repeliu nesta semana, em plenário, a campanha sistemática de disseminação de mentiras que a oposição, com auxílio de setores da mídia, tem implementado com objetivos políticos e eleitorais. O líder petista mostrou que os números reforçam os êxitos dos governos Lula e Dilma, a partir de 2003, diante do fracasso que foram os dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), que quebrou o País três vezes, gerou desemprego e miséria e adotou políticas contrárias a aos interesses nacionais.
 
Vicentinho comparou a campanha de desinformação do PSDB e de outros partidos de oposição ao que a Alemanha de Hitler fazia, por intermédio de Joseph Goebbels, ministro da  Propaganda do Reich na Alemanha nazista, que utilizava modernas técnicas de propaganda e insistia na mentira para transformá-la em verdade, via meio de meios de comunicação de massa. O líder do PT citou, por exemplo, a tentativa de desconstrução da imagem do ex-presidente Lula.
 
“Lula foi chamado de analfabeto, mas se transformou no presidente que mais cuidou da educação deste País”, frisou o líder, ao lembrar que durante o governo do “doutor” Fernando Henrique nenhuma universidade pública foi criada, enquanto no de Lula foram criadas 14 e no de Dilma, quatro. Recordou que no governo do PSDB foi criado apenas um campus avançado, enquanto no de Lula foram 89 e, no de Dilma, vai alcançar a marca de 22.
 
Escolas Técnicas – Vicentinho recordou que no período FHC era proibido construir escola técnica federal, mas só com o governo Lula foram abertas 214 escolas técnicas, mais do que havia sido feito  desde 1909, quando foi criada a primeira escola técnica no País. Até 2003, havia apenas 139 escolas técnicas federais no Brasil.
 
O líder do PT destacou o caráter elitista dos tucanos ao citar uma  modalidade de ensino criada por eles  — a progressão continuada — em que o aluno passa de ano mesmo sem ter nota para isso. Segundo Vicentinho, essa prática prejudica principalmente os pobres, que depois, no vestibular ou em concursos públicos, não têm condições de competir com quem não se submeteu a tal sistema. Com o governo Lula, sublinhou Vicentinho, foram criados sistemas para garantir acesso dos mais pobres à universidade, como o ProUni, que neste ano vai colocar mais de 2,5 milhões de jovens pobres, negros e indígenas em escolas superiores.
 
Empregos – Outro diferencial citado por Vicentinho foi a geração de empregos. Enquanto nos oitos anos do governo do PSDB/DEM os brasileiros foram submetidos a uma sistemática política de arrocho salarial e desemprego, a partir de Lula a realidade mudou, disse Vicentinho. “Nos governos Lula e Dilma, 98% dos trabalhadores com carteira assinada tiveram reajustes acima da inflação. Mais ainda, com Lula e com Dilma, 42 milhões de pessoas saíram da condição de miseráveis”. No período, foram criados mais de 20 milhões de empregos, mesmo com o Brasil enfrentando, a partir de 2008, a maior crise do capitalismo mundial desde 1929.
 
Vicentinho chamou a atenção para a prática neoliberal tucana, que privilegia o chamado mercado em detrimento dos interesses da maioria da população. No período FHC, os trabalhadores eram tratados como cidadãos de segunda classe e não havia preocupação com a geração de empregos. “Com os governos do PT e aliados, hoje nós vivemos  o maior índice de emprego na história de nosso País’’, observou. 
 
O líder do PT citou várias políticas públicas que permitiram ao Brasil mudar positivamente a partir de 2003, transformando-o na sétima economia mundial e exemplo de inclusão social. Um exemplo é a realidade no Nordeste, que até há pouco enfrentou a maior seca dos últimos cinquenta anos, mas sem saques e sem retirantes famintos, como acontecia antes. Vicentinho disse que esse quadro mudou graças ao impulso na economia, com geração de empregos e distribuição de renda.
‘’Eu posso pegar qualquer dado na indústria, na infraestrutura, no esporte, na educação, para mostrar que os nossos governos superam todos os outros, sobretudo o do período do PSDB’’.
 
Copa do Mundo – Vicentinho criticou os que querem distorcer a imagem do Brasil e até torcem contra a Copa. “Eu quero chamar a atenção do nosso povo: não adianta estimular a quebradeira, não adianta torcer pelo contrário, porque o Brasil está no rumo correto. Neste momento em que milhares de pessoas do mundo virão ao Brasil é hora de a gente acolher este povo, é hora de a gente fazer com que as coisas caminhem para a melhoria da condição de vida e para que o Brasil seja um País cada vez mais atraente.’’
 
 
Equipe PT na Câmara
 
Ouça o Líder Vicentinho (SP) na Rádio PT

” bg=”dd1a22″ leftbg=”dd1a22″ lefticon=”294781″ track=”ff1b2c” tracker=”ffff00″ text=”000000″ righticon=”294781″ width=”300″ rightbg=”408080″ volslider=”ffffff” skip=”ffffff”]” bg=”dd1a22″ leftbg=”dd1a22″ lefticon=”294781″ track=”ff1b2c” tracker=”ffff00″ text=”000000″ righticon=”294781″ width=”300″ rightbg=”408080″ volslider=”ffffff” skip=”ffffff”]
 
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

30 anos do SUS: Sistema imprescindível de proteção à saúde da população

O Sistema Único de Saúde (SUS), maior sistema público do mundo, que assiste a mais de 170 …