Home Portal Notícias Por iniciativa de petistas, Câmara faz homenagem aos heróis da Luta contra a Discriminação Racial

Por iniciativa de petistas, Câmara faz homenagem aos heróis da Luta contra a Discriminação Racial

4 min read
0

vicentinhobenedita

Foto: Gustavo Bezerra

Por iniciativa do deputado Vicentinho (SP), líder da Bancada do PT, e da deputada Benedita da Silva (PT-RJ), entre outros parlamentares, a Câmara realiza sessão solene nesta terça-feira (18), às 10h, em homenagem aos heróis da Luta contra a Discriminação Racial,  Abdias do Nascimento e Francisco José do Nascimento, o Dragão do Mar, e aos 130 anos da Abolição da Escravatura no Ceará.

O líder Vicentinho ressaltou que Abdias do Nascimento foi um dos maiores defensores da cultura e da igualdade para as populações afrodescendentes no Brasil. “É um nome de grande importância para a reflexão e atividade sobre a questão do negro na sociedade brasileira”, disse o petista.

Nas primeiras eleições após o regime militar, Abdias Nascimento exerceu mandato de deputado federal, sendo o primeiro afro-brasileiro a defender no Congresso Nacional os direitos humanos e civis de sua gente.  Ele apresentou o primeiro projeto de lei propondo políticas públicas de igualdade racial.

Dragão do Mar – A sessão solene também vai homenagear Francisco José do Nascimento, o Dragão do Mar. Foi o líder dos jangadeiros nas lutas abolicionistas e considerado o maior herói a favor da libertação dos escravos no Ceará.

A deputada Benedita da Silva destacou a importância de comemorar o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial e homenagear Nelson Mandela.  “Será uma oportunidade ímpar para reunir, no plenário da Câmara, embaixadores africanos, autoridades governamentais, militantes sociais e povos afrodescendentes numa manifestação da singular representação política, econômica e cultural existente entre a África e o Brasil.

Dados – O Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e celebra-se em 21 de março em referência ao Massacre de Sharpeville, ocorrido em 1960.

Em 21 de março de 1960, em Joanesburgo, na África do Sul, 20 mil pessoas faziam um protesto contra a Lei do Passe, que obrigava a população negra a portar um cartão que continha os locais onde era permitida sua circulação. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, a polícia do regime de apartheid abriu fogo sobre a multidão desarmada resultando em 69 mortos e 186 feridos.

Outras solenes – A Câmara também realiza sessão solene nesta segunda-feira (17), às 10h, em homenagem aos 60 anos do Grupo Algar Telecom.

Na sexta-feira (21), às 15h, a sessão solene será pelos 147 anos de emancipação política da cidade de Cachoeiro de Itapemirim (ES).

Gizele Benitz

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Comissão debate causas de derramamento do óleo no Nordeste; CPI deve ser instalada, diz João Daniel

A comissão externa do Derramamento do Óleo no Nordeste debateu nesta quinta-feira (21), os…