Home Portal Notícias Presidente da CDHM quer ouvir deputados e sociedade civil organizada

Presidente da CDHM quer ouvir deputados e sociedade civil organizada

3 min read
0

assisdocoutoCDH

Foto: Salu Parente

Nesta quarta-feira (12), acontece a primeira reunião deliberativa da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. A reunião, como de costume, está marcada para às 14h no Plenário 9, no Anexo II da Câmara. Na oportunidade, serão eleitos os parlamentares para ocupar a segunda vice-presidência e a terceira vice-presidência da Mesa.

A ideia é que duas mulheres ocupem as vices. Além disso, o presidente da comissão, deputado Assis do Couto (PT-PR), apresenta requerimento para uma audiência pública, com o objetivo de ouvir os movimentos sociais, deputados, e a sociedade civil organizada.

De acordo com o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, chamar a sociedade e os parlamentares para o debate é essencial para elaborar o plano de trabalho do colegiado, em conjunto com outras entidades, para o ano de 2014.

A pauta da 1ª reunião deliberativa da Comissão de Direitos Humanos e Minorias já está publicada na página do colegiado. Além do requerimento para ouvir a sociedade civil, outros 17 foram apresentados pelos deputados que compõe a comissão. Em pauta, também estão temas da atualidade com destaque para a questão indígena, o cinquentenário do golpe civil-militar de 1964, e a solicitação de uma visita de integrantes da comissão ao município de Rondolândia, no Mato Grosso, para averiguar as condições de segurança e garantir o exercício do mandato da prefeita Bett Sabah, que recebeu ameaças de morte.

“É preciso diversificar a pauta da comissão. Todas as denúncias precisam ser investigadas. E todos os temas terão espaço dentro desta comissão”, afirmou o presidente.

Assessoria Parlamentar

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Contrariando Bolsonaro, Ministro da Saúde nega guerra química e recomenda isolamento

Ministro Marcelo Queiroga evita entrar em conflito com Bolsonaro na questão da cloroquina,…